Pois é…! E o Natal chegou novamente!

voltar

DEZ/13 – pág. 72

candle2Gosto muito daquele poema de Mário Quintana que diz:
“Quanto se vê já são seis horas!
Quanto se vê já é sexta-feira!
Quanto se vê já é Natal! “
E logo depois vem o Ano Novo, tempo de refletir, fazer novos planos, continuar outros e terminar alguns. Esta é uma época boa para pensarmos na vida. E para te ajudar selecionei algumas perguntas que vão fazer você pensar um bocado, ou melhor, estas perguntas vão ajudar você a expandir a sua mente. São apenas perguntas, as respostas estarão em cada um de vocês.
– Você está se prendendo a algo que você quer se desfazer?
– Seu maior medo alguma vez se realizou?
-Quantos anos você teria se você não soubesse sua idade?
– O que é pior, cair ou nunca tentar?
– Quanto tudo estiver dito e feito, você vai ter mais coisas “ditas” ou “feitas”?
– Você está fazendo o que você acredita ser certo ou você está se adaptando ao que está fazendo?
– A que nível você realmente controlou o rumo que sua vida tomou?
– Você está mais preocupado em fazer as coisas “direito” ou em fazer as coisas ”certas”?
– Você está almoçando com duas pessoas que você respeita e admira. Elas começam a criticar um amigo seu, sem saber que essa pessoa é seu amigo. As críticas são injustas e desagradáveis. O que você faria?
– Qual é aquela coisa que você não fez, mas morre de vontade de fazer? O que está te impedindo?
– Você aperta o botão do elevador mais de uma vez? Você clica mais de uma vez nos links? Acha que isso funciona?
– Por que você é você?
– Você tem sido o tipo de amigo que você gostaria de ter como amigo?
– O que é pior, quando um amigo se muda para longe, ou perder contato com um amigo que mora próximo a você?
– É possível saber a verdade sem contestá-la antes?
– Qual é a lembrança mais feliz da sua infância? O que a torna tão especial?
– Em que momento de um passado recente você se sentiu mais vivo e apaixonado pela vida?
– Se você não concluiu sua meta ainda, o que você tem a perder?
– É possível saber, sem sombra alguma de dúvida, o que é bom e o que é mau?
– Se você acabasse de ganhar 1 milhão de dólares, você se demitiria?
– Você preferiria ter menos trabalho para fazer ou mais trabalho que você realmente gostasse de fazer?
– Você já teve um dia onde sentiu que já viveu o mesmo dia dezenas de vezes?
– Se você soubesse que todas as pessoas morreriam amanhã, quem você visitaria hoje?
– Qual a diferença entre existir e viver?
– Quando é hora de parar de calcular riscos e recompensas e simplesmente seguir adiante por aquilo que você sabe que é certo?
– Se nós aprendemos com nossos erros, por que temos tanto medo em errar?
– O que você faria diferente se soubesse que ninguém te julgaria?
– Quando foi a última vez que você percebeu o som da sua respiração?
– O que você ama? Algumas das suas ações recentes expressaram abertamente seu amor?

E ai, gostaram? Que vocês tenham um final de ano bem expressivo!

Um brinde à Vida!
Um brinde a vocês!

*Matéria baseada num texto do site Thesecret.

Madu Caetano