Pequenos negócios e transição. O que fazer?

Pequenos negócios e transição. O que fazer?

Você trabalhou duro para chegar onde está hoje. Já pensou quando quiser vender a sua pequena empresa e fazer outra coisa, próximo da aposentadoria?

Edição de julho/2019 – p. 10

Pequenos negócios e transição. O que fazer?

Existe uma série de perguntas que você deve fazer a si mesmo, sua família e pessoas de confiança, a fim de tornar a transição mais tranquila e confortável possível.

Você quer vender seu negócio imediatamente? Você quer um parente ou parceiro para assumir? Você quer fazer a venda sozinho ou contratar um corretor de negócios? Quer continuar envolvido no negócio ou está planejando deixá-lo completamente em novas mãos? Você quer ficar depois da venda para ajudar na transição? Este é o momento certo para vender o seu negócio? É uma empresa em crescimento ou contração? Como estão seus concorrentes nesse mercado? Qual é o valor do seu negócio? Quanto você espera fazer na venda? Como a venda afetará seus impostos e plano imobiliário? O negócio vai prosperar sem você? Como a venda afetará seus entes queridos? O que você fará em seguida? Como a venda afetará seus funcionários de confiança e seus benefícios? Como isso afetará suas economias de aposentadoria, sua cobertura médica, seu seguro de vida e quaisquer anuidades que você possa ter?

Existem muitos problemas a serem considerados, e você precisará de tempo para responder a todas as perguntas que tiver.

Você quer se aposentar e passar tempo com a família ou se dedicar a um novo empreendimento? Você quer se envolver em meio período no negócio? Você quer permanecer investindo no negócio e obter uma renda desse investimento? Essas são perguntas muito importantes para você e seus dependentes. Você deve começar a se fazer essas e muitas outras perguntas, um ano ou dois antes da venda, para um melhor planejamento, porque existem soluções que podem ser tracadas, que ao mesmo tempo tragam fluxo de caixa para a empresa, fonte de aposentadoria para o proprietário e até benefício de morte, caso o inesperado aconteça. Você pode pagar mensalidades antes de se aposentar e, quando decidir ser o momento certo de começar a fazer retiradas mensais, ou no caso de óbito seu beneficiário recebe o valor de seguro livre de impostos.

Comece criando um plano para si mesmo, detalhando o que você deseja fazer quando estiver fora do negócio.

Suplementar seguro de vida para planejamento de aposentadoria, pode ser uma estratégia de diversificação em relação aos seus ativos, renda e impostos além de fortalecer o balanço patrimonial de sua empresa. O valor em dinheiro pode ser acessado através de empréstimos e retiradas, que acumulam com juros, crescendo isento de impostos e podendo retirar ivre de impostos.

Você também deve reunir todos os documentos necessários para a venda.

Você deve consultar profissionais da área, como seu advogado, contador, corretor de negócios, avaliador e agente de seguros/ consultor financeiro, para obter orientação sobre a venda. Essas e muitas outras perguntas precisam ser feitas e respondidas enquanto você se prepara para essa importante transição.