Passe livre para refugiados ucranianos entrarem nos EUA pela rota do México

Refugiados ucranianos podem entrar nos EUA pela rota mexicana; 400 tiveram passe livre

Cerca de 400 ucranianos entraram nos EUA na quarta-feira em San Diego, enquanto outros 700 chegaram a Tijuana, segundo voluntários que gerenciam a lista de espera. O governo Biden disse que aceitará até 100 mil ucranianos

Da Redação

Não bastassem imigrantes da América Latina, africanos e tantos outros países, agora é a vez dos refugiados ucranianos buscarem o caminho do México para chegarem aos EUA. O caminho mais rápido para se estabelecer no reduto de Joe Biden é reservar um voo para o México.

______continua após a publicidade_______

seguro

Uma coalizão de voluntários, principalmente de igrejas eslavas no oeste dos EUA, está guiando centenas de refugiados ucranianos diariamente do aeroporto na cidade fronteiriça mexicana de Tijuana para hotéis, igrejas e abrigos, onde esperam de dois a quatro dias – um gesto humanitário.

Em menos de duas semanas, os voluntários trabalharam com autoridades americanas e mexicanas para construir uma rede notavelmente eficiente e em expansão para fornecer comida, segurança, transporte e abrigo para os refugiados que chegam.

Os voluntários usam crachás azuis e amarelos para representar a bandeira ucraniana, mas não têm nome ou líder do grupo. Eles iniciaram uma lista de espera em blocos de notas e depois mudaram para um aplicativo móvel normalmente usado para rastrear a frequência à igreja. 

Os ucranianos são instruídos a se apresentarem a uma passagem de fronteira dos EUA à medida que seus números se aproximam, um sistema que os organizadores comparam à espera por uma mesa em um restaurante.

Aeroporto de Tijuana

No aeroporto de Tijuana, viajantes cansados ​​que entram no México como turistas na Cidade do México ou Cancun são direcionados para uma sala improvisada no terminal com uma placa em marcador preto que diz: “Somente para refugiados ucranianos”. É o único lugar para se registrar para entrar nos EUA.

Cerca de 400 ucranianos foram admitidos nos EUA em San Diego na quarta-feira, enquanto cerca de 700 outros chegaram a Tijuana, de acordo com voluntários que gerenciam a lista de espera. Esse desequilíbrio aumenta a lista de espera, que na terça-feira era de 973 famílias ou adultos solteiros.

Autoridades dos EUA disseram aos voluntários que seu objetivo é admitir cerca de 550 ucranianos diariamente enquanto processam os movimentos para um cruzamento próximo que está temporariamente fechado ao público. 

O governo Biden disse que aceitará até 100 mil ucranianos, mas o México é a única rota que produz grandes números. As consultas nos consulados dos EUA na Europa são raras e o reassentamento de refugiados leva tempo.

Alertados por mensagens de texto ou redes sociais, os ucranianos são convocados para uma colina gramada e um ponto de ônibus perto da fronteira horas antes de seus números serem chamados. O governo da cidade abriu o ponto de ônibus para proteger os ucranianos da chuva torrencial.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie