Para Noriega, Corinthians fez apenas o necessário: ‘Longe de ser brilhante’

Para Noriega, Corinthians fez apenas o necessário: ‘Longe de ser brilhante’

Comentarista vê Timão ‘tranquilo até demais’ na partida em que venceu o Luverdense por 2 a 0 e garantiu vaga nas quartas de final da Copa do Brasil 

Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

O Corinthians fez o que precisava para avançar às quartas de final da Copa do Brasil. Após ter perdido o jogo de ida por 1 a 0, venceu o Luverdense por 2 a 0, no Pacaembu, na noite desta quarta-feira. Embora tenha conseguido o objetivo, o Timão poderia ter feito mais, na opinião do comentarista do SporTV Maurício Noriega. Para o jornalista, o Timão abusou da tranquilidade.

– Foi tranquilo até demais. O Corinthians não passou susto algum, mas acho que o torcedor que enfrentou o frio em São Paulo merecia um golzinho a mais, porque não foi fácil – disse ao SporTV News, se referindo à temperatura, que chegou aos 9º C.

Com gols de Alexandre Pato, aos 30, e Fábio Santos, aos 44, ambos no primeiro tempo, a equipe de Tite passou a administrar o placar. Antes, segundo Noriega, chegou a mostrar um pouco de ansiedade.

– Foi um jogo bem tranquilo se a gente tirar 10, 12 minutos do primeiro tempo em que o time foi muito apressado, acelerou demais o jogo sem necessidade, e ter deixado alguns espaços nas costas do Edenilson. O Corinthians teve longe de ser brilhante, mas fez o necessário – afirmou.