Os Benefícios do Chá Verde para a Saúde

voltar

MAR/12 – pág. 46

O chá verde é um tipo de chá feito a partir da infusão da erva Camellia Sinensis.

É chamado de verde porque as folhas da erva sofrem pouca oxidação durante o processamento, o que não acontece com as folhas do chá preto. Existem outras ervas, vendidas como chá verde, porém o verdadeiro chá verde é o feito a partir da folha do arbusto Camellia Sinensis.

Sempre muito popular na China e no Japão, há pouco tempo, começou a ser consumido com maior frequência no Ocidente (tradicional consumidor de chá preto), devido à sua tendência orientalista, bem como às propriedades antioxidantes do chá verde a ele atribuídas.

 

Vantagens de tomar 3 xícaras de chá verde por dia:

anticancerígeno – além do envelhecimento, os radicais livres também são responsáveis por causar certos tipos de cancro. O chá verde neutraliza esses radicais livres, previne a formação de agentes cancerígenos como as nitrosaminas e reduz a probabilidade de contrair cancro. O chá verde está sendo usado clinicamente na prevenção de cancro, particularmente aqueles relativos ao cólon, reto, pâncreas e intestino;

antienvelhecimento – os radicais livres no corpo são responsáveis pela corrosão do corpo, ou seja, pelo envelhecimento e sintomas associados. O principal trabalho de antioxidantes é neutralizar os oxidantes e radicais livres presentes no corpo e o chá verde é muito rico em antioxidantes. A catequina de polifenóis presentes no chá verde são os principais responsáveis pelo seu efeito antioxidante. Assim, o consumo regular de chá verde pode efetivamente atrasar os sinais de envelhecimento;

protege os pulmões – o chá verde protege você contra o cancro de pulmão, reduzindo o dano celular provocado pelo fumo do cigarro. Um estudo, realizado pela Universidade do Arizona, descobriu que ele reduz o dano celular em cerca de 25%;

estimulante – a principal razão pela aceitação de qualquer tipo de chá é o seu efeito estimulante. Esse efeito, mais uma vez, é devido à cafeína e a taninos presentes nele. Cafeína e taninos, apesar de seus efeitos adversos sobre a saúde a longo prazo, são muito bons como estimulantes. Por isso, uma chávena de chá faz você se sentir fresca e cheia de energia. O chá é ideal para combater a fadiga, preguiça, sonolência e falta de energia e melhora a circulação sanguínea. Por isso, é tão popular com qualquer tipo de profissionais, donas de casa e estudantes;

osteoporose – estudos mostram que beber pelo menos 2 chávenas de chá verde por dia ajuda a preservar a densidade óssea e reduzir o risco de osteoporose;

estimular a imunidade – pesquisas mostram que pessoas que bebem regularmente chá verde são menos propensas a infecções virais e bacterianas. A mensagem é clara. O chá verde aumenta a imunidade. O chá verde impede as bactérias e vírus de se unirem às paredes celulares e assim infectá-las. Essa propriedade antimicrobiana também protege contra respirar mal, disenteria, diarreia, cárie dentária, indigestão, gripes, tosse e constipações e colite, que são causadas por fungos e ação microbiana;

adstringência – ao provocar a contração dos músculos e tecidos, tonifica os músculos e pele. Mesmo se você não quiser beber o chá verde, um enxaguatório bucal simples fará com que a contração na gengiva seja suficiente para evitar a queda dos dentes por muito tempo. Tem o mesmo efeito para o cabelo;

reduz o colesterol – o chá verde tem sido eficaz na redução do colesterol, provavelmente devido à sua natureza alcalina;

saúde cardíaca e arterial – alguns componentes do chá verde impedem o sangue de ficar mais espesso, reduzindo assim as probabilidades de esclerose arterial, trombose, doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais;

antidiabético – se não for tomado com açúcar, a natureza alcalina do chá verde ajuda a reduzir o nível de glicose no sangue. Além disso, os seus constituintes garantem boa saúde e melhor funcionamento do pâncreas e melhor secreção de insulina, resultando assim numa melhor decomposição e absorção de açúcar. Isso ajuda a manter-se livre de diabetes:

1.aumenta as atividades de insulina;

2.promove o metabolismo da glucose;

3.bloqueia a absorção de glicose.

perda de peso – acredite ou não, o chá verde também ajuda a perder peso, aumentando a taxa de metabolismo.

 

Desvantagens quando tomado em excesso

As desvantagens do chá verde são as mesmas de qualquer bebida tomada em excesso, pois os efeitos secundários do chá verde para a saúde são os mesmos. Devido à presença de cafeína e taninos no chá verde, as contraindicações podem variar de acordo com a percentagem de cafeína e taninos.

A maioria das pessoas deve estar familiarizada com estas adversidades, mesmo assim apresentamos os riscos do chá verde:

triterpene saponinas – esses compostos destroem os eritrócitos podendo assim agravar as situações de anemia, causar fadiga etc.;

cafeína – sabe-se que é um estímulo externo e aumenta a pressão arterial, é viciante e, a longo prazo, tem efeito adverso sobre o fígado e os órgãos internos;

taninos – os taninos interferem na quebra de proteínas complexas em proteínas mais simples e com a sua absorção no nosso organismo;

xantina alcaloides – há a possibilidade de que agravem a formação de ácido úrico no organismo, podendo desencadear e ajudar na formação de pedras na vesícula, rins, reumatismo etc.;

consumo a longo prazo e em maiores quantidades – pode causar problemas como insônia, agitação, aborrecimento, irritabilidade, dores de cabeça, hipertensão arterial, batimentos cardíacos anormais, perda de apetite, convulsões, constipação intestinal aguda e dependência.

 

Como preparar e utilizar o Chá Verde:

Deve-se utilizar uma colher de chá rasa para cada xícara de chá em infusão. Após a fervura da água, desligar o fogo, colocar o chá e tampar para que as propriedades medicinais não evaporem. O chá deve ser ingerido dentro de 1 hora (após sua preparação) para que não se perca grande parte de sua propriedade medicinal. Dosagem normal de 1 a 3 xícaras por dia.

Elly Tuchler
Médica Acupunturista
www.acuhomeo.com
(407) 373-0606