Orlando Sea Wolves estreia futebol society em Kissimmee

Orlando Sea Wolves estreia futebol society em Kissimmee

O dia 10 de novembro às 19 horas marca a estreia da equipe de futebol society do Orlando Sea Wolves, no Silver Spurs Arena, em Kissimmee, frente ao Brasil. O diretor de Marketing Lucas Menezes fala de jogadores e da equipe técnica para disputar temporada

Edição de outubro/2018 – p. 28

Orlando Sea Wolves estreia futebol society em Kissimmee

O diretor de Marketing da equipe de futebol society do Orlando Sea Wolves, Lucas Menezes, ressalta sua estreia no próximo dia 10 de novembro, a partir das 19 horas, na Silver Spurs Arena, em Kissimmee, quando enfrentará o time do Brasil – às 15 horas Colômbia x Brasil. Um jogo que promete reunir bom público, estabelecendo o passo inicial de um elenco integrado por jogadores experientes, com carreiras de destaque na modalidade, garantindo uma competição em alto nível técnico. “A partir de novembro o público irá conhecer os jogadores contratados para esta temporada inicial no futebol society. O nosso objetivo é ter um plantel de jogadores experientes, com potencial para disputar os jogos. O americano gosta de ganhar e esse é o nosso lema com a nova equipe”, determina Lucas.

O nome do técnico do Orlando Sea Wolves, adiantou Lucas, só será divulgado no final de outubro, quando será apresentado à imprensa, com os demais integrantes da equipe técnica. “Ainda não podemos divulgar o nome do treinador até que a direção do Orlando Sea Wolves autorize. O momento é de finalização da contratação, portanto, vamos manter o nome em sigilo”, avalia.

Quanto ao elenco que irá defender o Orlando Sea Wolves nesta etapa inicial, o diretor de Marketing destacou alguns jogadores já contratados, incluindo o europeu Rico Zulkarnain, que, segundo ele, é considerado uma promessa nas competições. “O Rico jogou futsal com o Falcão e tem um histórico importante, o que traz credibilidade a equipe”, ressalta.

“Temos o Lewis Neal, um atleta de peso, que jogou no Orlando City, e o Chris Kokalis, outro excelente jogador. O Luke Boden é também um reforço importante na equipe, ele que jogou ao lado do Kaká no Orlando City”, enfatiza Lucas. “Na equipe do Orlando Sea Wolves temos cinco jogadores brasileiros, seis hispânicos e dois britânicos. Os demais são americanos. Os nossos jogares estão entusiasmados, e em breve vamos iniciar a fase de treinamentos em preparação à temporada de jogos que começa no dia trinta de novembro”.

“A princípio serão vinte e seis jogadores no plantel, que passarão por avaliações durante os jogos e treinamentos desta temporada inicial, que irá de trinta de novembro até abril do próximo ano, período em que será oficializada a equipe de vinte e dois jogadores do Orlando Sea Wolves”, avisa o diretor de Marketing.

Regras do futebol society

Quanto às regras do futebol society, explica Lucas Menezes, são jogos rápidos, com muitos gols, disputados em quatro tempos de quinze minutos cada, totalizando sessenta minutos de partida. “A cada quinze minutos tem um intervalo de dois minutos, e após os trinta minutos de jogo haverá uma parada de vinte minutos”.

O Orlando Sea Wolves está inscrito na Liga MASL de Futebol Society, com 17 times nos EUA, México e Canadá. Nos jogos de estreia na Silver Spurs Arena, em Kissimmee, a Colômbia enfrenta o Brasil às 15 horas, e às 19 horas o Orlando Sea Wolves faz jogo de estreia contra o time do Brasil. Vale lembrar que os ingressos para os jogos já se encontram à venda, informa Lucas Menezes, podendo ser retirados na sede da Silver Spurs Arena ou através do Ticketmaster.

Serviço

Silver Spurs Arena

Endereço: 1875 Silver Spur Ln, Kissimmee, FL 34744

Rafael Tobias é reforço do Orlando Sea Wolves

Entre os atletas contratados para a equipe de futebol society do Orlando Sea Wolves, que faz sua estreia próximo dia 10 de novembro, às19 horas, na Silver Spurs Arena, em Kissimmee, no amistoso frente o Brasil, o brasileiro Rafael Tobias mostra-se entusiasmado para a nova etapa de sua carreira esportiva. Ele aposta no potencial técnico do time, que tem pela frente importante missão durante temporada que se inicia no dia 30 de novembro, se estendendo até o mês de abril de 2019. “É a primeira vez que jogo em um time da liga MASL e estou confiante, na expectativa. Quero apresentar um bom futebol e nossa tarefa é fazer o melhor, mostrar potencial para que nós, jogadores, possamos nos destacar nessa temporada”, diz Rafael.

Natural da cidade de São Paulo, Rafael Tobias jogou em importantes equipes de futebol de campo, incluindo o profissional B do Corinthians, além do Botafogo, do Paissandu e do São Caetano. Há um ano e seis meses residindo em Orlando com a esposa, Karen Tobias, o jogador conta que iniciou a sua carreira no futebol ainda criança, quando deixou a casa dos pais em Bauru – interior de São Paulo – para jogar no infantil do Corinthians.

“Eu fui aprovado na seleção de meninos para jogar no infantil do Corinthians, aos doze anos, então deixei minha família em Bauru e fui para São Paulo. No Corinthians eu joguei nas categorias infantil, juvenil, juniores e na equipe B profissional. Eu morei no alojamento do Corinthians, jogava como segundo volante”, lembra o atleta. “Depois joguei no São Caetano, no Paissandu e no Botafogo”.

Indagado sobre a sua experiência em futebol society, conta Tobias que, “é muito próximo do futebol de salão, e eu já jogava futebol de salão no Brasil. E quando encerrou o meu contrato com o time de futebol de campo do Paraíba Futebol Clube, na Paraíba, resolvi vir para os Estados Unidos porque a minha esposa já estava residindo em Orlando. E aqui, em Orlando, passei a jogar futebol society na quadra do OIS”, conta.

“Foi na quadra do OIS que encontrei o Dodô e o JP que também jogavam lá. O Dodô me falou do Orlando Sea Wolves, que estava sendo montado. A princípio eu ia jogar no time de futebol society do Tropics, mas ficava muito longe de onde eu morava. E quando o Dodô me convidou para um treino no Orlando Sea Wolves, aceitei. Lá eles gostaram do meu futebol e fui contratado”, relata Rafael Tobias.

“No dia dez de novembro vamos fazer um amistoso com o time do Brasil em Kissimmee, depois seguem os preparativos para a temporada que vai revelar quem é quem em campo. É uma grande responsabilidade e estou preparado para enfrentar meus adversários, inclusive a equipe do Tropics”, finaliza.