Orlando City vence Montreal Impact em primeiro confronto Kaká – Drogba

Orlando City vence Montreal Impact em primeiro confronto Kaká – Drogba

Foto: Orlando City SC
Foto: Orlando City SC

O Orlando City venceu seu principal rival por uma vaga nos playoffs, o Montreal Impact, por 2 a 1, nesse sábado, no estádio Orlando Citrus Bowl. A quarta vitória consecutiva dos Lions marcou também um momento histórico para a Major League Soccer (MLS), o primeiro confronto entre o brasileiro Kaká e o marfinense Didier Drogba.

A torcida fez sua parte, tornando esse jogo decisivo a terceira partida de maior público na temporada 2015, 35.421 pagantes. Os Lions comemoraram ainda a marca de meio-milhão de torcedores nos jogos realizados em Orlando, tornando o Orlando City o time que mais rapidamente atingiu tal número em 20 anos de história da liga.

A tensão tomou conta do estádio logo aos 4 minutos de partida, quando o lateral-direito Rafael Ramos e o zagueiro Tommy Redding colidiram cabeças, quando pulavam para afastar uma bola. Houve uma paralisação de seis minutos e ambos foram substituídos pelo lateral-esquerdo Luke Boden e pelo zagueiro Seb Hines, já aos dez minutos do primeiro tempo. Os dois suplentes participariam do gol da vitória dos Lions.

Aos 32 minutos do primeiro tempo, depois de ter criado a primeira grande chance de gol da partida, o meio-campo salvadorenho Darwin Cerén teve um passe desviado por Patrice Bernier, do Montreal Impact, e a bola sobrou para Cyle Larin. O atacante canadense bateu forte e rasteiro. O goleiro Bush chegou a tocar na bola, que acabou no canto direito do gol. Orlando City 1×0 Montreal Impact.

Cyle Larin aumentou para 15 o número de gols marcados por ele em sua temporada de estreia como jogador profissional, recorde absoluto na história de um novato na MLS. Larin é sério concorrente ao prêmio de Novato do Ano da MLS 2015 (Rookie of the Year). 

unnamed (1)

Aos 43 minutos da etapa inicial, o goleiro do Orlando City, Tally Hall, interceptou cruzamento de Reo-Coker dentro da pequena área. O atacante Dominic Oduro tirou a bola das mãos do goleiro dos Lions e tocou para o gol. O árbitro Edvin Juricevic, porém, não viu irregularidade. Orlando City 1×1 Montreal Impact.

Os Lions retornaram para o segundo tempo com uma bola no travessão já aos 5 minutos, em chute potente do norte-americano Brek Shea, da intermediária do campo de ataque.

Didier Drogba entrou na partida aos 18 minutos da etapa final, substituindo  Oduro no ataque do Montreal Impact. Ironicamente, o artilheiro marfinense participaria do segundo gol do Orlando City, ao tentar afastar bola cruzada por Luke Boden da esquerda, aos 35 minutos. O zagueiro do Orlando City, Seb Hines, aproveitou e tocou para o gol por cobertura, marcando o gol da vitória dos Lions por 2 a 1.

Com 41 pontos, os Lions estão a apenas um ponto do Montreal Impact. O time canadense é o sexto colocado da Conferência Leste e último entre os times que se classificariam para os playoffs da MLS 2015. A equipe canadense tem duas partidas a menos que o Orlando City na temporada.

O Orlando City joga mais uma vez no estádio Orlando Citrus Bowl na sexta-feira, 16 de outubro, contra o New York City FC de Andrea Pirlo, David Villa e Frank Lampard.

 

Orlando City 2X1 Montreal Impact

Estádio: Orlando Citrus Bowl

Local: Orlando, FL, EUA

Público: 35.421 

Gols:

ORL: Cyle Larin (Unassisted) 33’

MON: Dominic Oduro (Unassisted) 44’

ORL: Seb Hines (Unassisted) 80’

Cartões:

MON: Andres Romero (Yellow Card) 19’

ORL: Tally Hall (Yellow Card) 44’

MON: Donny Toia (Yellow Card) 45’

MON: Johan Venegas (Yellow Card) 45’

ORL: Kaka (Yellow Card) 45’

ORL: Luke Boden (Yellow Card) 61’

ORL: Brek Shea (Yellow Card) 87’

 

Escalações

Orlando City SC – Tally Hall; Rafael Ramos (Luke Boden 10’), Collin, Tommy Redding (Seb Hines 10’) e Brek Shea; Lewis Neal (Bryan Rochez 69’), Carrasco, Darwin Cerén, Kaká e Carlos Rivas; Cyle Larin

Técnico: Adrian Heath

Montreal Impact – Evan Bush; Ambroise Oyongo, Victor Cabrera, Laurent Ciman e Danny Toia; Patrice Bernier (Eric Alexander 86’), Marco Donadel, Nigel Reo-Coker e Johan Venegas; Dominic Oduro (Dider Drogba 59’) e Andres Romero (Dily Duka 68’)

Técnico: Mauro Biello

 

Estatísticas

Chutes a gol:

ORL: 12

MON: 6

Escanteios:

ORL: 4

MON: 4

Impedimentos:

ORL: 1

MON: 2

Faltas:

ORL: 9

MON: 12

Defesas:

ORL: 1

MON: 1

Para mais informações, acompanhe o Orlando City em www.OrlandoCitySC.comFacebookTwitterYouTube e Instagram.