Orlando City SC assume liderança da Conferência Leste

Orlando City SC assume liderança da Conferência Leste

Kaká brilha em sua partida de estreia e leva time à vitória por 4 a 1 sobre atual campeão da MLS

Orlando_City_2014Orlando City SC chega à primeira colocação da Conferência Leste, com oito pontos, após vencer por 4 a 1 sobre os atuais Campeões da Major League Soccer (MLS), o Portland Timbers, frente a eletrizantes 31.114 torcedores. Os Lions são atualmente uma das duas equipes invictas em todo o campeonato e o único em sua conferência. O time repetiu o feito do ano passado, quando enfrentou o LA Galaxy, campeões da Liga na ocasião, e venceu por 4×0.

“Realizamos jogadas excepcionais, com grandes gols e excelente performance de muitos jogadores”, destacou o técnico do Orlando City, Adrian Heath. “Eu disse aos jogadores: se acreditamos no que fazemos e jogarmos com a mesma intensidade, então, certamente, neste estádio, com nossa torcida nos apoiando, seremos uma força a ser batida”, completou o treinador.

Antes do início da partida, a mais recente contratação do clube, o meio-campista Júlio Baptista, foi oficialmente apresentado ao público pelo proprietário Flávio Augusto da Silva.

Kaká fez sua estreia em 2016 depois de ficar fora dos três primeiros jogos do OCSC devido uma lesão. Com duas assistências e um gol, ele garantiu a segunda vitória dos Lions na temporada. O craque ajudou a abrir o placar já aos 14 minutos de jogo. Higuita sofreu falta e o capitão bateu, mandando uma bola perfeita na área para Seb Hines cabecear e marcar.

Cerca de 20 minutos mais tarde, Kaká trocou passes com Brek Shea pelo lado esquerdo e finalizou com um toque de classe para Shea bater e finalizar na gaveta, sem chances para o goleiro Adam Kwarasey.

A atuação do brasileiro foi recompensada com um gol aos 2 minutos do segundo tempo. Na primeira descida do Orlando City para o ataque, Kaká roubou a bola no meio do campo e após sequência de passes, recebeu de Molino para chutar e marcar.

Aos 75 minutos, Kevin Molino foi derrubado na área. Kaká, que é o cobrador oficial, cedeu a cobrança para o próprio Molino bater. Em cobrança rasteira do lado direito, o trinitino marcou 4×0 para o Orlando City e registrou seu primeiro gol pela MLS.

“Dei a bola para Molino porque achei que ele precisava desse gol mais do que eu. Disse a ele que confiamos nele e que ele precisa confiar em si mesmo também”, comentou o capitão sobre sua decisão.

Após a partida, Kaká comentou seu retorno: “Foi incrível, estou tão feliz com este jogo e orgulhoso da equipe e da atuação de todos. Fizemos uma grande exibição hoje. Não tenho palavras para dizer o quanto estou feliz. Estive fora por três jogos e estar de volta e marcar meu primeiro gol é incrível. Eu quero melhorar meus números da última temporada, mas o mais importante, eu quero ajudar a equipe em primeiro lugar”, finalizou o camisa 10 dos Lions.

“Estou muito contente por estarmos na liderança da conferência e espero que isso dê aos jogadores mais confiança para seguir em frente”, acrescentou Adrian Heath.

Apesar o placar elástico, os visitantes não fizeram um jogo fácil e pressionaram todo o jogo.  Joe Bendik, goleiro do Orlando City, executou três grandes defesas, incluindo um chute cara a cara e uma cobrança de pênalti, de Fanendo Adi, aos 43 minutos. O Portland Timbers descontou o placar aos 90 minutos, com Jack McInerney.

A próxima partida do Orlando City será fora de casa, contra o Philadelphia Union no Estádio Talen Energy, no dia 8 de abril, às 20h (horário de Brasília). Os Lions voltam ao Orlando Citrus Bowl em 17 de abril para enfrentar o New England Revolution.

Acompanhe o Orlando City em www.OrlandoCitySC.comFacebookTwitterYouTube e Instagram.

TIMES 1 2 F
Orlando City 2 2 4
Portland 0 1 1

 

RESUMO DOS GOLS

ORL Seb Hines (Kaká) 13’

ORL Brek Shea (Kaká) 32’

ORL Kaká (Adrian Winter) 47’

ORL Kevin Molino (PK) 76’

POR Jack McInerney (Diego Valeri) 90’

 

CARTÕES

ORL Brek Shea (Amarelo) 15’

POR Alvas Powell (Amarelo) 38’

POR Jack Barmby (Amarelo) 40’

ORL Joe Bendik (Amarelo) 70’

POR Jermaine Taylor (Amarelo) 74’

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES:
Orlando City SC – Joe Bendik, Rafael Ramos, Tommy Redding (Aurélien Collin 46’), Seb Hines, Brek Shea, Cristian Higuita, Darwin Cerén, Kevin Molino, Kaká (Carlos Rivas 80’), Adrian Winter, Cyle Larin (Servando Carrasco 24’)

Banco: Earl Edwards, Jr., Kevin Alston, Hadji Barry

Portland Timebers: Adam Kwarasey, Alvas Powell, Nat Borchers, Jermaine Taylor, Jack Barmby, Diego Chara, Darlington Nagbe, Diego Valeri, Dairon Asprilla (Darren Mattocks 58’), Fanendo Adi (Jack McInerney 58’), Lucas Melano (Ned Grabavoy 81’)

Banco: Jake Gleeson, Taylor Peay, Zarek Valentin, Jack Jewsbury

CHUTES:

ORL – 15

POR – 14

 

DEFESAS:

ORL – 3

POR – 3

 

ESCANTEIOS:

ORL – 3

POR – 7