Orlando City cai diante do New York Red Bulls fora de casa

Orlando City cai diante do New York Red Bulls fora de casa

Mesmo abrindo o placar e mantendo seus esforços defensivos, Lions ficam abaixo do esperado na noite deste domingo

Orlando_City_2014Apesar de conquistar uma vantagem inicial, o Orlando City SC (2-2-3, 9 pontos) perdeu por 3 a 2 para o New York Red Bulls (2-4-0, 6 pontos) na Arena Red Bull nesse domingo (24/04). Os detentores do título da Temporada Regular de 2015 viraram o jogo com três gols no segundo tempo, colocando fim a uma sequência de quatro jogos sem vencer.

“Foi um jogo estranho, eles tiveram chances o tempo todo e nós buscávamos o gol no contra-ataque, mas não vinha nunca! Terei que rever os lances da partida, mas acho que talvez tenhamos dado muito espaço e perdido a bola em áreas perigosas, mas eles fizeram tudo certo esta noite”, avaliou Adrian Heath, treinador do Orlando City. “É decepcionante porque fomos perigosos nos contra-ataques durante toda a noite. Tivemos a chance de ampliar o placar em duas ou três ocasiões, mas não era para ser”.

O artilheiro Cyle Larin marcou seu quarto gol da temporada, e o quarto na Arena Red Bull em apenas dois jogos. Com apenas três minutos de jogo, Kevin Molino deu início à jogada no meio-campo com um passe para Julio Baptista, que tocou em Rafael Ramos na sequência. O lateral português cruzou na entrada da área e Cyle Larin bateu sem chance para defesa de Luis Robles.

Os Lions conseguiram segurar a vantagem no primeiro tempo apesar da forte pressão do Red Bulls, que teve 15 chutes a gol só nos 45 minutos iniciais. Para segurar as tentativas do NYRB, a defesa do Orlando City, que fez ótimas intervenções, contou ainda com a ajuda de Larin, que além de atacante, fez também o papel de defensor ao salvar uma bola em cima da linha nos minutos finais.

Destaque também para as atuações de Tommy Redding, titular pelo sexto jogo nesta temporada, e para o goleiro Joe Bendik que mais uma vez foi excepcional. Ao todo, foram sete chutes bloqueados pelos Lions.

Apesar de todos esses esforços, o empate veio aos 65 minutos, quando Sacha Kljestan recebeu de Lloyd Sam e arrancou até a entrada da área para tocar para Mike Grella e deixa-lo livre para marcar. A virada aconteceu menos de quatro minutos depois, com gol de Bradley Wright-Phillips, assistido por Mike Grella.

Wright-Phillips encontraria o fundo das redes mais uma vez aos 75 minutos após receber lançamento de Lloyd Sam.

O Orlando City brigava para diminuir quando, aos 84 minutos foi anotado um escanteio. Na cobrança de Carlos Rivas, a bola pipocou na área e acabou desviando em Karl Ouimette que marcou contra, fazendo 3×2. Os Lions ainda tentaram o empate, mas já não havia mais tempo. A derrota é apenas a segunda da equipe nesta temporada.

Na sequência, o Orlando City viaja até o Gillette Stadium para seu segundo confronto com o New England Revolution no dia 30 de abril.  O time retorna ao Orlando Citrus Bowl em 6 de maio, quando recebe os Red Bulls em busca de revanche.

TIMES                   1 2 F

Orlando City SC      1 1 2

New York Red Bulls 0 3 3

 

GOLS

ORL – Cyle Larin (Rafael Ramos) 3′

NYRB – Mike Grella (Sacha Kljestan) 65′

NYRB – Bradley Wright-Phillips (Mike Grella) 69′

NYRB – Bradley Wright-Phillips (Lloyd Sam) 75′

ORL – Karl Ouimette (Contra) 84′

 

CARTÕES

NYRB – Dax McCarty (Amarelo) 50′

ORL – Carlos Rivas (Amarelo) 82′

ORL – Seb Hines (Amarelo) 93′

ORL – Cristian Higuita (Amarelo) 95′

 

ESCALAÇÕES/SUBSTITUIÇÕES

Orlando City: Joe Bendik, Rafael Ramos, Tommy Redding, Seb Hines, Brek Shea, Darwin Cerén, Cristian Higuita, Adrian Winter (Hadji Barry 77′), Kevin Molino, Júlio Baptista (Carlos Rivas 64′), Cyle Larin.

Banco: Earl Edwards Jr., David Mateos, Aurelien Collin, Kevin Alston, Servando Carrasco.

New York Red Bulls: Luis Robles, Sal Zizzo (Chris Duvall 89′), Karl Ouimette, Ronald Zubar, Kemar Lawrence, Felipe, Dax McCarty (Sean Davis 80′), Lloyd Sam (Alex Muyl 86′), Sacha Kljestan, Mike Grella, Bradley Wright-Phillips.

Banco: Kyle Reynish, Zach Carroll, Shaun Wright-Phillips, Anatole Bertrand Abang.

 

ESTATÍSTICAS

Posse:

ORL – 41,1%

NYR – 58,9%

 

Faltas:

ORL – 13

NYR – 12

 

Chutes:

ORL – 11

NYR – 25

 

Defesas:

ORL – 6

NYR – 2

 

Escanteios:

ORL – 6

NYR – 8

 

Acompanhe o Orlando City em www.OrlandoCitySC.comFacebookTwitterYouTube e Instagram.