Onde comprar e como obter os melhores descontos nas ofertas da ‘Black Friday’

Em Orlando, as lojas receberão número expressivo de consumidores em busca de bons preços

O Site “Nossa Gente” traz uma série de dicas importantes para você que está em busca das melhores ofertas e descontos na “Black Friday”. Saiba onde comprar com descontos imprescindíveis em roupas e eletrônicos e demais artigos

Da Redação

Após as comemorações dos “Dia de Ação de Graças”, a corrida agora é para as lojas dos EUA que apresentam as melhores ofertas da “Black Friday”– descontos imprescindíveis em roupas e eletrônicos e demais artigos. As melhores lojas para comprar na “Black Friday 2021” estão relacionadas em uma pesquisa feita pelo portal de finanças pessoais “WalletHub – cerca de 5.000 ofertas de 21 dos maiores varejistas dos EUA –, com dicas importantes, em várias categorias de produtos, e o “Nossa Gente” passa para você leitor.

Se você está em busca das melhores ofertas e descontos na “Black Friday”, deve saber que o desconto médio geral é de 32%, então os consumidores devem buscar essa porcentagem ou mais para evitar as “armadilhas”, orienta o “WalletHub”. O site divulgou seu relatório sobre as melhores lojas para comprar na “Black Friday” , após analisar quase 5.000 ofertas de 21 dos maiores varejistas dos EUA e ser capaz de identificar aquelas que oferecem os maiores descontos em diversas categorias de produtos, como eletrodomésticos, joias e brinquedos, entre outros.

A “Macy’s”, por exemplo, tem a maior taxa de desconto geral, com 58,51%, enquanto o “Ace Hardware” tem a menor, com 11,73%, de acordo com as descobertas da WalletHub. Entre os dez principais varejistas com os melhores descontos, depois da “Macy’s” estão: “JCPenney” – 57,63%, “Walmart” – 31,60%, seguido por “Belk” – 56,69%’; “Kohl’s” – 49,32%; “Office Depot” e “OfficeMax” – 42,85%; “Lenovo” – 40,29% e “Nordstrom “- 33,21%.

Roupas e acessórios 

A maior concentração de descontos está na categoria roupas e acessórios com 18,40%; computadores e telefones 12,27%; 11,11% em joias e 9,55% em brinquedos, enquanto a de “bens de consumo embalados”, como alimentos e bebidas, registrou a menor, 3,47%.

Se quiser comprar roupas e acessórios, a “JCPenney” lidera a lista com 58,89%, seguida da “Belk” com 58,69%, da Macy’s com 47,43%, da Kohl com 44,69% e da Nordstrom com 43,97%.

Segundo divulgou o “WalletHub”,  pela primeira vez na história, o número de americanos que compraram online na “Black Friday” ultrapassou 100 milhões, enquanto as compras na loja caíram 37%.  No entanto, os negócios estão em sua maior parte abertos a plena capacidade este ano, e o que se pode constatar é o ressurgimento das compras presenciais.

Está pensando onde comprar e como aproveitar os descontos da “Black Friday 2021”, então confira os detalhes da pesquisa e, evidente, conte com o bom senso na hora de escolher. Boa sorte!