O Aeroporto Internacional de Orlando é o primeiro a ser escolhido para agilizar eletronicamente o processo de chegada internacional

O Aeroporto Internacional de Orlando é o primeiro a ser escolhido para agilizar eletronicamente o processo de chegada internacional

O Aeroporto Internacional de Orlando é o primeiro dos Estados Unidos a automatizar o formulário de chegada e partida, conhecido por I-94, utilizado pela “Customs and Border Protection”, CBP, (Segurança de Alfândega e Fronteiras). Orlando foi escolhido devido ao surpreendente crescimento do tráfego internacional na região. Até agora, neste ano, o aeroporto obteve um aumento de 13,7% em suas viagens internacionais.

“Por ser o primeiro do país a acelerar o processo de chegadas internacionais, haverá um aprimoramento não só na eficiência de suas operações, mas também na capacidade de recepção internacional, que já é responsável por mais de US$2,8 bilhões no impacto anual da economia em toda a região central do Estado da Flórida”, afirmou Frank Kruppenbacher, Presidente da “Greater Orlando Aviation Authority” (Autoridade de Aviação na região da Grande Orlando).

“A melhora na eficácia do processo de racionalização e simplificação, gerada a partir da automação do formulário I-94, diminuirá a burocracia para os passageiros, bem como o trabalho dos funcionários da Segurança de Alfândegas e Fronteiras”, disse Vernon Foret, Diretor da “Miami Field Operations”, (Operações de Solo em Miami). “Com isso, milhões de dólares serão economizados tanto pela Segurança de Alfândega e Fronteiras (CBP), bem como pela indústria do turismo”.

A automação será implementada no dia 30 de abril. Em geral, sabe-se que haverá a diminuição no tempo de espera de pelo menos 20 segundos para cada passageiro. As informações de cada admissão ao país serão geradas a partir dos dados de viagem dos passageiros, já transmitidos eletronicamente. Aqueles que desejarem uma cópia ou evidência de sua admissão deverão acessar o site do CBP para imprimirem uma cópia de seu formulário I-94.

Phil Brown, Diretor Executivo da “Greater Orlando Aviation Authority” disse estar satisfeito com o fato de que o Aeroporto Internacional de Orlando foi escolhido para ser o primeiro do país a dar início à emissão dos documentos I-94 digitalizados e afirmou que, no atual ritmo do crescimento da movimentação internacional, esse novo processo eletrônico contribuirá para uma melhora nos serviços aos usuários, causando uma visão positiva nos passageiros em relação às suas estadias em Orlando.

O Aeroporto Internacional de Orlando apresentou, por quatro anos consecutivos, o maior crescimento anual de viagens, e, em 2012, recebeu 3,7 milhões de passageiros. Desde 2009, o tráfego internacional cresceu acima de 27%, o que representa aproximadamente 806 mil passageiros. As três principais localidades a contribuir com a emissão de turistas para Orlando em 2012 foram: o Reino Unido, com um número superior a 510 mil passageiros; o Canadá, contribuindo com mais de 469 mil turistas; além do mercado internacional que mais vem crescendo, o Brasil, enviando 157 mil turistas para a região central da Flórida.