Novo passaporte brasileiro e Carteira de Identidade: o que muda na atual versão

Foto com dados biométricos no novo modelo do passaporte brasileiro, apresentado pelo governo federal

O novo modelo do passaporte brasileiro e da Carteira de Identidade Nacional (CIN) serão emitidos a partir de agosto e setembro. Saiba o que muda com a versão atualizada, e as facilidades que irão favorecer na hora de viajar

Da Redação – O novo passaporte brasileiro e a Carteira de Identidade Nacional (CIN), terão mudanças significativas e começam a ser produzidos a partir de 4 de agosto próximo – identidade –, e em setembro inicia-se a produção do passaporte – que  marca a data do bicentenário da Independência do Brasil, informa o Ministério da Justiça.

A última grande atualização do passaporte tinha acontecido em 2015, quando passou a ter um chip e ser chamado de passaporte eletrônico, além de dobrar o prazo de validade para 10 anos. A partir das mudanças, será o documento mais seguro do Brasil e um dos mais seguros do mundo, alertam as autoridades.

______continua após a publicidade_______

seguro

O documento é temático e homenageia todas as regiões do Brasil por meio de ícones representativos dos biomas e da cultura de cada local. Os dispositivos foram idealizados numa parceria entre a Casa da Moeda, Polícia Federal e Ministério das Relações Exteriores, levando-se em conta o que há de mais moderno em tecnologia antifraude.

Na capa, o destaque é a volta do brasão da República e a saída das estrelas do Cruzeiro do Sul. Todas as regiões do Brasil são homenageadas nas páginas internas, que passam a ter mais cores, por meio de ícones representativos dos biomas e da cultura de cada local.

Na página com os dados do cidadão, haverá uma foto em preto-e-branco formada com dados biométricos da pessoa, além da foto colorida tirada na hora de fazer o documento.

Carteira de Identidade

Já a Carteira de Identidade – o RG – vem com um QR Code que pode ser lido de forma fácil e rápida, o que garante mais segurança para os cidadãos. Dessa forma, será possível identificar a autenticidade do documento e saber se foi furtado ou extraviado. O documento permite, ainda, a fácil identificação de pessoas com necessidades especiais. A partir das mudanças, a Identidade será o documento mais seguro do Brasil e um dos mais seguros do mundo.

A Identidade terá a versão física e digital, sendo que a física, em papel ou em plástico, é a forma de assegurar cidadania aos brasileiros que não possuem acesso à internet, smartphones ou computadores. Já a digital poderá ser obtida pelo aplicativo Gov.Br, somente após a emissão da carteira física. Por enquanto, o Brasil possui acordos para uso do documento de identidade nos postos imigratórios com países do Mercosul. Para as demais nações, o passaporte continua sendo obrigatório. É importante ressaltar que a identidade atual continua válida até 2032. 

Troca do passaporte

A troca de passaporte para o novo não será obrigatória, será necessária quando o documento vencer. A validade continua sendo de dez anos. Quanto ao preço do novo passaporte, o governo disse ainda que a taxa para emissão continuará a mesma: segundo o site da Polícia Federal, R$ 257,25 para o passaporte comum. Para casos de urgência de emergências, é mais caro: R$ 334,42. O valor também aumenta se a pessoa deixar de apresentar o documento vencido.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie