Nasa e SpaceX lançam nave Crew Dragon em missão tripulada ao espaço

Nave Crew Dragon pronta para missão espacial; lançamento no Centro Espacial Kennedy.

 

Nasa e SpaceX lançam 1ª missão tripulada da nave Crew Dragon do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, com envio dos astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley para a Estação Espacial Internacional, com transmissão  ao vivo pela internet

Da Redação

Lançamento adiado para sábado, a tarde, devido as chuvas na região. No sábado, a partir do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, a Agência Espacial norte-americana – Nasa – fará a contagem regressiva para mais um marco histórico com o lançamento do primeiro voo espacial tripulado da nave espacial Crew Dragon, em missão que é parceria público-privada da agência com empresa SpaceX. A decolagem da nave levará os astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley à Estação Espacial Internacional, com chegada prevista para domingo.

Astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley – As atenções do mundo estarão voltadas para a decolagem da nave espacial Crew Dragon, na Flórida, marcando o primeiro voo em órbita de astronautas norte-americanos em foguetes norte-americanos a partir de solo americano, desde o final da era do ônibus espacial em 2011, segundo informa a Nasa. Desde então, os EUA têm dependido dos foguetes russos Soyuz para chegar à estação, partindo do Cazaquistão.

É um passo ousado em meio à pandemia do coronavírus, e entre as novidades da nave estão os painéis em touchscreen, que podem controlar tudo de forma bem mais prática do que os inúmeros botões que integravam o painel dos antigos ônibus espaciais. Também foi necessário desenvolver luvas de fácil interação com esse tipo de tela.

Segundo o astronauta Hurley, “é um novo passo da lógica”, referindo-se à famosa frase “este é um pequeno passo para um homem; e um salto gigante para a humanidade”, dita por Neil Armstrong em 20 de julho de 1969, quando se tornou o primeiro homem a pisar na Lua.

A capsula Crew Dragon deve ultrapassar a velocidade de 27 mil quilômetros por hora, para chegar no domingo, dia 31, à Estação Espacial Internacional. Lembrando que os dois astronautas terão papéis bem definidos durante a missão, chamada de “Demo-2” – a primeira foi sem tripulação, em teste envolvendo um boneco cheio de censores.