Mulher que causou confusão no Aeroporto de Orlando é presa novamente, diz tribunal

Área do Aeroporto Internacional de Orlando onde ocorreu parte da perseguição à mulher que provocou confusão

Chelsea Alston, de 32 anos, que causou tumulto no Aeroporto Internacional de Orlando, foi presa novamente na terça-feira por não comparecer ao tribunal. Ela é acusada de agredir um agente da lei e por danos criminais

Da Redação

______continua após a publicidade_______

seguro

A mulher de Nova Jersey, identificada como Chelsea Alston, de 32 anos, que apareceu em um vídeo viral andando em uma mala motorizada pelo Aeroporto Internacional de Orlando enquanto era perseguida por um policial, foi presa novamente na terça-feira, mostram os registros do tribunal.

O lamentável episódio no Aeroporto de Orlando, aconteceu em abril, e gerou controversas na ocasião. As cenas de perseguição pelo aeroporto ocorreram depois que os funcionários de uma companhia aérea impediram Alston de embarcar  porque ela parecia embriagada, gerando bate-boca.

Irritada, a mulher deixou a área de embarque, montando uma mala motorizada enquanto o oficial Andrew Mamone a perseguia de bicicleta. A perseguição durou alguns minutos.

Lembra o oficial dos momentos de tensão nas áreas de segurança do aeroporto, enquanto ele seguia a mulher com uma bicicleta, até prende-la e escoltá-la para  uma área segura do aeroporto.

Chelsea Alston, no entanto, voltou às páginas policiais com acusações criminais por agredir um policial e de crimes. Ela acabou sendo presa novamente nesta terça-feira por não comparecer ao julgamento, e o juiz emitiu um mandado de prisão.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie