Mudar a conduta pode evitar o caos

Mudar a conduta pode evitar o caos

voltar

JAN/16 – pág. 03

imigracao3

Em ano eleitoral, de turbulência imigratória, é necessário que haja um consenso de boas maneiras entre os imigrantes que pleiteiam a legalização nos EUA, evitando o elemento surpresa, ou seja, a visita inesperada de oficiais de Imigração. Por que levantar a questão? O agravante momento tende a um cuidado redobrado, principalmente nas rodovias – não dirigir com carteira adulterada ou desprovido de documentos -, pois contar com sorte é legitimar o erro. Com a proximidade das eleições presidências e mediante a linha dura adotada pelos Republicanos, nos ataques tendenciosos de Donald Trump aos indocumentados, o cenário de incertezas propaga a dúvida. E, caso a Democrata Hilary Clinton não vença o páreo – possibilidade remota, mas não descartada -, mergulharemos em um período de sombras e perseguições.

A Lei Executiva assinada pelo Presidente Barack Obama ainda não vingou. Continua emperrada no Congresso, permitindo que a Imigração haja com truculência, abordando cidadãos estrangeiros e os submetendo ao constrangimento da deportação. Fichas são levantadas e, por exemplo, quem tiver pendências com a Justiça ou esteja envolvido em situações suspeitas, tornar-se-á alvo perfeito para averiguações. Portanto, acredite, o comportamento exemplar – sem recordes negativos no país -, o livrará dessa lista indesejada, que poderá colocá-lo no olho do furacão. Aparar arestas, sobrepor aos inconvenientes é a melhor alternativa.

Temos de agregar valores positivos em nossa conduta. O risco da deportação aniquila o sonho, enfraquece propósitos e divide a família. Não podemos permitir que isso ocorra, no entanto, cabe a cada um de nós desempenhar a melhor tarefa. Há um grupo de furiosos que tenta banir nossos direitos, a liberdade de ir e vir, buscando motivos para justificar a intolerância. O passo em falso pode nos empurrar precipício abaixo. Pense nisso!

Que 2016 seja um ano de vitória para todos, indistintamente. E antes de qualquer iniciativa precipitada, avalie. Repense sua rotina. Cumpra com as leis americanas e não tente obter vantagens quando honestidade e solidariedade são parâmetros essenciais do caráter. Arregace as mangas e vá à luta, mudando o percurso de uma história indesejada. A Imigração continua irredutível, farejando motivos, e não devemos ser o pretexto. Só depende de nós!


WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga