Morte de Kobe Bryant: investigações apontam culpas ao piloto do helicóptero

Causas da morte do astro Kobe Bryant apontam imprudência do piloto do helicóptero

 

Foi um erro do piloto Ara Zobayan, afirmam autoridades encarregadas do caso: “Teria tido a percepção incorreta de que o helicóptero se elevava enquanto o veículo perdia altitude”, atesta o laudo de investigações

 

Da Redação

Após um longo período de investigações, nesta terça-feira foram reveladas as causas do acidente que matou o o astro do basquete da NBA, Kobe Bryant, fato que ocorreu na manhã de 26 de janeiro, do ano passado. O helicóptero Sikorsky S-76 caiu abruptamente nas colinas do sul da Califórnia, matando oito pessoas – incluindo a filha de Bryant, Gianna, de 13 anos. Foi um erro do piloto Ara Zobayan, de 50 anos, afirmam autoridades encarregadas do caso: “Teria tido a percepção incorreta de que o helicóptero se elevava enquanto o veículo perdia altitude”, atesta o laudo de investigações.

 

Gianna, de 13 anos, estava no voo – Os investigadores de segurança dos EUA revelaram nesta terça-feira que o acidente que vitimou o jogador Kobe Bryant resultou de uma violação dos padrões federais do país por parte do piloto do helicóptero de Bryant que voou através das nuvens tendo ficado desorientado pouco antes da queda do helicóptero.

Ara Zobayan, um piloto experiente, indicou uma subida até aos 1.200 metros, para sair do nevoeiro, pouco antes de o helicóptero cair nas montanhas. O piloto conduziu a aeronave para subir bruscamente e quase rompeu as nuvens quando o acidente ocorreu.

O helicóptero transportava Bryant, umas das filhas, Gianna, e seis outros tripulantes, tendo se despencado no vale de San Fernando, ao norte da cidade de Los Angeles. Zobayan, que também morreu na queda, tinha mais de 8.500 horas de voo a seu crédito.

 

Piloto não tinha “Plano B”

Segundo os investigadores, o piloto não tinha submetido um ‘Plano B’, e recusou-se a aterrizar num aeroporto local para esperar que o mau tempo passasse.

Mulher de Kobe Bryant, Vanessa,  processa piloto e empresa que operava helicóptero. Não há sinais de falha mecânica, mas o helicóptero não estava equipado com uma ‘caixa preta’, usada para determinar as causas de um acidente.

Kobe Bryant, conhecido como ‘Black Mamba’, dos Los Angeles Lakers, foi cinco vezes campeão da Liga norte-americana de Basquetebol (NBA) e duas vezes campeão olímpico. Morreu aos 41 anos, no dia 26 de janeiro de 2020.