Morre em São Paulo o humorista Jô Soares, aos 84 anos. Fãs e amigos lamentam

Jô Soares morreu na madrugada desta sexta-feira em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês onde estava internado

O humorista Jô Soares estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o fim do mês passado. A causa da morte até o momento desta publicação não havia sido divulgada

Da Redação – A notícia da morte do humorista, escritor, ator e diretor Jô Soares, surpreendeu amigos, fãs e admiradores. Ele morreu na madrugada desta sexta-feira (5) em São Paulo, aos 84 anos, deixando um legado de entrevistas, programas de humor e peças de teatro de altíssimo nível. Considerado a “mente brilhante” do entretenimento no Brasil, falava seis idiomas e comandou um dos talk-shows mais assistidos no país – “Programa do Jô”, na Globo.

O humorista estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o fim do mês passado, segundo sua assessoria. A causa da morte até o momento desta publicação, não havia sido divulgada. O enterro e velório de Jô serão reservados à família e amigos.

______continua após a publicidade_______

seguro

José Eugênio Soares nasceu em 1 de janeiro de 1938, no Rio de Janeiro. Foi humorista, apresentador de televisão, escritor, diretor e ator. Trabalhou nas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e Globo. Como humorista, se destacou na inesquecível “Família Trapo”, na Record, ao lado Renata Fronzi e Otello Zeloni.

Sua carreira como apresentador começou no SBT, de Sílvio Santos, com o programa “Jô Soares Onze e Meia”, que foi ao ar entre 1988 e 1999. Em 2000, o humorista iniciou aquele que se tornou seu programa mais famoso, o “Programa do Jô”, encerrado em 2016.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie