Mantendo a cultura brasileira viva

Mantendo a cultura brasileira viva

Edição de junho/2019 – p. 03

Mantendo a cultura brasileira viva

Os eventos que demarcam a Festa Junina no mês de junho, traduzem o que há de melhor da cultura popular brasileira, homenageando os três santos: São João, São Pedro e Santo Antônio. É nesse período que as fogueiras, comidas típicas, brincadeiras, balões, bandeirinhas e as quadrilhas tomam conta dos salões, praças e igrejas – vários segmentos religiosos celebram a festa dos santos católicos. E na Central Flórida, a tradição junina reacende a alegria de nossa gente, que participa ativamente das comemorações, levando os filhos para ver de perto um pouco do nosso Brasil, dos festejos que agora também são julinos e até agostinos.

Nessa fase junina ocorrem os rituais de fé e simpatias de Santo Antônio – as solteiras não se privam dessa oportunidade para arrumar um amor, abrir as portas do coração para a felicidade. E há quem jure de pés juntos que o santo casamenteiro faz milagres! Mas, vale mesmo a tradição de um retrato da diversidade cultural brasileira. Então, leitor, é hora de preparar o chapéu de palha, acender a fogueira e convidar os amigos para dançar quadrilha.

É o Brasil fora de casa, com proporções de um grande arraial, levando para o centro da roda os nossos costumes, ressaltando o caboclo que veste seu paletó e a botina para encontrar a noiva no altar – no casamento caipira. São momentos hilários, até mesmo do próprio balão que leva as promessas a São João para se conseguir saúde ou dinheiro para quem ficou em terra. Lembrando, no entanto, que soltar balões não é aconselhável, e pode provocar incêndios.

Somos nós, cidadãos do mundo, mantendo a cultura brasileira viva, resgatando as tradições de nosso país com alegria e empenho. Um povo de fé, que não abre mão de sua identidade, mostrando aos EUA, através de importantes eventos, a grandeza e a simplicidade que têm raiz histórica. Vamos lá, brasileiros, aproveitar esse momento festivo e enaltecer as atividades juninas. Pipoca, milho assado, batata doce e diversão. Entra na roda e comemore, afinal, o instinto de brasilidade deve manter-se aquecido em nossos corações.