Livro dá dicas para se legalizar nos EUA

Livro dá dicas para se legalizar nos EUA

Edição abril/2019 – p. 28

Livro dá dicas para se legalizar nos EUA

O escritor Rodrigo Lins lançou recentemente em Orlando o livro “Internacionalize-se”, com informações importantes de como imigrar e trabalhar legalmente nos EUA para evitar deportações. O Brasil, inclusive, no ranking imigratório, está entre os 10 países onde as pessoas mais saem do país. Fatores políticos, econômicos e sociais são a mola motriz que impulsiona a debandada de cidadãos brasileiros. Dados da Receita Federal apontam que, só em 2017, houve um aumento de 400% no número de brasileiros que querem imigrar, com 22 mil declarações de saídas definitivas. E segundo Lins, “não é preciso desprezar a carreira profissional conquistada no Brasil e, em muitos casos, o imigrante pode até obter o documento de residência permanente ‘Green Card’ mas não sabe. No livro, listo todos os vistos possíveis para profissionais brasileiros imigrarem ou permanecerem legalmente nos Estados Unidos”, orienta.

Com a presença de convidados, o lançamento do livro aconteceu na loja brasileira “Açai Concept”, e de acordo com Rodrigo Lins, a escolha dos locais de lançamento privilegiará empresas de brasileiros que também conseguiram imigrar legalmente e empreender com sucesso nos EUA. O jornalista tem previsão de lançar sua obra em Miami, Washington, Boston e Nova York – lugares com maior concentração de brasileiros.

Disse o autor que atualmente, a oferta de vistos para levar a carreira profissional aos EUA legalmente tem atraído um novo perfil de imigrante, com maior escolaridade e experiência e suas áreas de atuação. “É uma forma de entrar pela porta da frente nos Estados Unidos, com reconhecimento do mérito intelectual do profissional”, acrescenta Lins.

E após realizar turnê de lançamento pelo Brasil, o livro chega aos EUA com a promessa de orientar os imigrantes em questões essenciais de legalização. Para Rodrigo, “a estratégia é ajudar os brasileiros que residem no país, e que desconhecem suas possibilidades imigratórias e podem acabar deportados caso permaneçam com o status de indocumentados. No meu livro têm dicas fundamentais e isso poderá ajudar aos que precisam de esclarecimentos”, finaliza.

Serviço

Contato com Rodrigo Lins

@jornalistarodrigolins