Jayme de Almeida destaca coragem do Fla: ‘Pode encarar o diabo que for’

Jayme de Almeida destaca coragem do Fla: ‘Pode encarar o diabo que for’

Após assumir o time, técnico afirma que ensinou os jogadores a não temerem nenhum adversário: ‘Para ganhar do Fla, vai ter trabalho’

dsc_01331A situação ainda não é confortável, mas o Flamengo já consegue respirar mais aliviado no Brasileirão. O time chegou à beira da zona do rebaixamento, mas o técnico Jayme de Almeida conseguiu mudar o cenário e fazer o Rubro-Negro crescer novamente. Em participação no “Bem, Amigos”, o treinador exaltou a dedicação e a mudança de atitude dos jogadores, que levaram a equipe à 12ª posição na competição.

– É difícil (acertar o time no meio do campeonato), porque não temos tempo para treinar. Mas vejo que todos estão se esforçando. Isso é fundamental. Todo mundo se respeita e busca fazer o melhor. Falei para eles não terem medo, e eles não têm. Fui criado no Fla e sei que pode enfrentar o diabo que for, o melhor time do mundo, mas para ganhar do Flamengo vai ter trabalho – disse o treinador, que ganhou o apoio do comentarista Júnior, que já foi jogador e técnico do Rubro-Negro.

Para o comentarista Júnior, quatro vezes campeão brasileiro pelo Flamengo, os jogadores sempre se dedicaram, mas ainda não tinham consciência da gravidade da situação da equipe.

– O diferencial nessa transição foi o comportamento. Foi colocado na cabeça deles o que é cair (para a Série B). Não é que eles não estivessem correndo, mas talvez não tivessem a ideia do que estava acontecendo. Quando você está com confiança, tenta jogadas mais difíceis, não é burocrático. Isso é fundamental – disse Júnior.

Jayme assumiu o comando do Flamengo depois da demissão de Mano Menezes há pouco mais de duas semanas. Ele ressalta a grandeza de sua missão à frente do Rubro-Negro.

– Foi inesperado o Mano ter saído. Isso nos abalou muito, ele é um grande treinador, de seleção brasileira. Quando me pediram para assumir o time, sabia que a responsabilidade era muito grande. O clima estava difícil, mas falei a eles o que é ser Flamengo, só nós poderíamos mudar a situação. As coisas começaram a mudar no jogo contra o Botafogo – disse Jayme, se referindo ao empate em 1 a 1, no primeiro duelo das quartas de final da Copa do Brasil.

Com 34 pontos, o Flamengo é o 12º colocado no Brasileirão e tem cinco pontos de vantagem para o Vasco, que abre a zona de rebaixamento. O time volta ao campo nesta quinta-feira, às 21h, para o confronto com o Internacional, no Maracanã. O PFC transmite a partida ao vivo.