Informações Importantes Sobre Mold (mofo)

voltar

MAR/12 – pág. 42

Se você tiver que remover mofo, seguem algumas dicas:

Investigar e avaliar a umidade e outros fatores que provocam o mofo:

• avaliar o tamanho da área afetada (pés quadrados);

• considerar a possibilidade de mofo escondido;

• resolver as causas e identificar as fontes que provocam pequenos problemas de mofo, checando a umidade do local antes que os problemas aumentem;

• selecionar empresa especialista em remediação;

• investigar áreas associadas com as queixas dos ocupantes;

• observar o tipo de materiais danificados (gesso, carpete);

• verificar o interior de dutos de ar e da unidade de tratamento de ar;

• durante o processo, consultar profissionais qualificados (se necessário ou desejado);

• comunicar-se com ocupantes do edifício em todas as fases do processo, conforme o caso e designar uma pessoa de contato para perguntas e comentários;

• desenvolver um plano de remediação e adaptar ou modificar as diretrizes de correção para ajustar à situação;

• selecionar métodos de limpeza de itens mofados;

• selecionar equipamento de contenção para proteger edifício e seus ocupantes;

• secar os materias molhados (gesso, carpete), não mofados dentro de 48 horas para prevenir o crescimento de fungos;

• limpar e secar materiais mofados;

• descartar materiais mofados não porosos que não podem ser limpos.

 

Durante a limpeza, reduzir sua exposição nas áreas afetadas pelo mofo. Durante todo o processo de limpeza de mofo, o ambiente ficará contaminado. Portanto, seguem sugestões para a sua proteção:

 

• utilizar um filtro HEPA respirador para reduzir o número de esporos de bolor que você respira dentro;

• usar roupas protetoras que possam ser descartadas. Usar luvas de borracha;

• trabalhar por um tempo curto e, em seguida, fazer pausas no ar fresco;

• trabalhar com janelas abertas e mantê-las abertas após a limpeza;

• desligar o ar-condicionado para evitar que esporos se propaguem para outras áreas;

• se houver um respiradouro de retorno de ar na sala, cobri-lo firmemente;

• colocar um ventilador em uma janela para soprar ar para fora do ambiente afetado;

• usar um saco duplo para todos os materiais contaminados antes da retirada deles.

Se você usar algum profissional para fazer o servico, certifique-se que tenha experiência em limpeza de mofo e verifique suas referências.

 

Dicas sobre prevenção e controle de mofo: 

O mofo é causado quando microscópicas partículas se espalham em superfícies úmidas.   Ele pode ter efeitos úteis. Como exemplo, a penicilina que salva muitas vidas é derivada de um fungo. Muitos alimentos, como o queijo azul requer o fungo como parte de sua produção e processo. O mofo/fungo desempenha um papel importante no ciclo da natureza, ajudando a decompor materiais orgânicos.

 

Aqui, algumas precauções de bom senso que construtores, proprietários e/ou proprietários de edifícios podem seguir para evitar mofo e garantir saúde e segurança ao construir ou manter uma estrutura:

• corrigir os vazamentos de encanamentos nas propriedades o mais rápido possível;

• observar se há manchas de condensação e umidade nas paredes e teto e consertar as fontes de problemas de umidade logo que possível;

• evitar a umidade causada pela condensação por um aumento da temperatura (umidade);

• aumentar a ventilação (se o ar lá fora está frio e seco), ou desumidificar (se o ar exterior é quente e úmido) para reduzir o nível de umidade no ar, e reparar vazamentos no sistema de ventilação;

• manter o aquecimento, o gotejamento da ventilação e do ar-condicionado fluindo corretamente e sempre desobstruídos;

• aderir a um programa de manutenção do ar-condicionado fazendo inspeções e manutenções periodicamente;

• usar drenagem de água para fora das paredes da fundação e para acelerar a secagem após as chuvas.

Lino Cervino
Engenheiro Civil no Brasil e State 
Certified General Contractor nos EUA.
www.focusbulders.net
linocervino@nossagente.net