Importância do “open house” para o mercado de compra e venda de imóveis

A Corretora de imóveis da “MS Realty”, Gelsey Rhormens, fala do ‘open house’ e de bons negócios.

 

A corretora de imóveis licenciada, Gelsey Rhormens, da “MS Realty”, em Orlando, fala de um mercado superaquecido para a compra e venda de imóveis, e das reuniões frequentes do “open house”, atraindo compradores em potencial. Em entrevista ao “Nossa Gente”, fala das estratégias de marketing e do perfil do cliente americano

 

Da Redação

Com o aquecimento do mercado de compra e venda de imóveis em Orlando, o ‘Open House’ ganha força, acompanhando o impulso dos negócios, atendendo a demanda que requer encontros frequentes, atraindo compradores em potencial. É a importância de mostrar ao cliente a verdadeira sensação de estar na casa que ele queira comprar, para que se sinta mais confortável, recepcionado com café, água, refrigerante e as devidas atenções – uma técnica imprescindível do setor. A corretora de imóveis licenciada, Gelsey Parra Rhormens, da “MS Realty” – especializada em Compra, Venda e Administração de Imóveis –, conta que tem feito até oito visitas diárias, atendendo aos interesses de sua clientela.

“Há quatro anos que atuo no mercado de compra e venda, e posso garantir que este momento é relevante, muito aquecido, e o ‘open house’ tem acontecido com mais frequência, com a demanda de procura de famílias americanas, e mesmo de residentes, por uma casa maior para as atividades do home office, que acelerou o mercado com a pandemia”, informa Gelsey.

“Normalmente, quando o americano comparece ao ‘open house’, chega sozinho porque estava passando pelo local e viu a placa, então ele entra e conhece o imóvel. Tem também o comprador, que viu o anúncio da ‘MS Realty’ nas redes sociais, que comparece para avaliar a casa à venda. O curioso é que o americano quando chega, dá bom dia, conhece a casa, e, geralmente não diz absolutamente nada e vai embora. Age misteriosamente. E se ele se interessou pelo imóvel, gosta da casa, o seu corretor de confiança vai entrar em contato comigo com uma oferta de compra. São dois corretores que trabalham nessa transação: o corretor que representa o vendedor, e o corretor representante do comprador”, ressalta.

Explica Gelsey que o americano, e mesmo residentes, fazem a compra de um imóvel orientados por um corretor de sua confiança. “É muito mais seguro comprar um imóvel com a ajuda de um corretor licenciado. O americano, por exemplo, não compra o imóvel sem que o corretor o auxilie porque é muito mais prático também. Está tudo padronizado e para o comprador basta um profissional de confiança, ele tem acesso a todos os imóveis disponíveis no mercado. Não há necessidade de outros corretores”, diz.

Segundo Gelsey, com o crescimento do home office, ficou mais prático para o funcionário escolher uma casa maior, mais adequada, em área que lhe for conveniente. “O que as famílias querem é uma casa maior, com espaço adequado onde possa fazer o escritório para trabalho. E com os juros baixos, o menor da história dos Estados Unidos, o momento é adequado para adquirir uma casa, principalmente para os vendedores porque a valorização do imóvel cresceu consideravelmente, e isso lhe dá vantagens de negociação. E conta o lance mais alto quando a casa entra no mercado, e é vendida em tempo recorde – em média 62 dias no mercado. São muitas ofertas de compra e poucas casas disponíveis para venda. Com isso, o vendedor vai avaliar qual a melhor oferta de compra, se em dinheiro vivo ou através de financiamento”, acrescenta a corretora.

 

Marketing “MS Realty”

Quanto ao processo de marketing da “MS Realty” para colocar uma casa à venda no mercado, disse Gelsey que, “anunciamos nas redes sociais, realizamos um trabalho de marketing ostensivo, com os indicativos para o ‘open house’, facilitando o acesso do cliente a um bom negócio. Muitos esperam a casa entrar no mercado, através do ‘MLS’. O ‘open house’ é um grande chamativo. O cliente me contata para vender a casa dele, então lançamos no nosso sistema e inicia-se um procedimento para à venda. E o meu trabalho é defender o interesse do meu cliente, quando em negociação com o corretor, representante do comprador”, relata.

“Eu atuo em uma das mais tradicionais regiões de Orlando, Doctor Phillips, no Condado de Orange, também um local disputado por quem procura imóveis. É uma área que têm muitos médicos e profissionais de informática indianos. Tenho feito ‘open house’ em Doctor Phillips com frequência. Aliás, os bairros residenciais são muito procurados pelos compradores, a maioria investidores. E Orlando é uma cidade que não para de crescer, com a construção de novos parques temáticos, e de novos empreendimentos. Em todos os pontos que você observa da cidade, têm novas construções. É um momento de crescimento em vários segmentos, e, no mercado imobiliário a tendência é manter-se aquecido”, aponta.

“Para o comprador, é importante avaliar o mercado, comprar com cautela, sempre acompanhado de um corretor licenciado, de sua confiança, para que se faça um bom negócio”, finaliza.

 

Serviço

 

“MS Realty”

7031Grand National Dr Suíte 101- Orlando fl 32819

Contato Gelsey – +1 (407) 953-6643