Hepatite infantil preocupa médicos dos EUA; índice de infecções é alarmante

Os sintomas de hepatite, ou inflamação do fígado, incluem febre, fadiga, perda de apetite, náusea, vômito

Autoridades de saúde trabalham com a possibilidade de alguma reação errática do sistema imunológico desencadeada por uma infecção anterior por Covid-19 e subsequente invasão por algum outro vírus

Da Redação

As autoridades de saúde alertam sobre um estranho surto de hepatite infantil que está afetando crianças nos EUA. O vírus foi detectado no sangue de meninos doentes, mas o que impressiona é que não tenha sido encontrado em seus fígados. Segundo os médicos, alguma reação errática do sistema imunológico desencadeada por uma infecção anterior da Covid-19 e uma invasão subsequente de algum outro vírus.

______continua após a publicidade_______

seguro

Os “Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC)” e pesquisadores de todo o mundo estão tentando descobrir o que está acontecendo. A doença parece ser rara, e funcionários do “CDC” analisam 180 casos possíveis nos EUA. A maioria das crianças foi hospitalizada, pelo menos 15 precisaram de transplantes e seis delas morreram.

Os sintomas de hepatite, ou inflamação do fígado, incluem febre, fadiga, perda de apetite, náusea, vômito, dor abdominal, urina escura, fezes de cor clara, dor nas articulações e amarelecimento da pele, conhecido como icterícia.

A magnitude do problema só ficou mais clara no mês passado, embora os pesquisadores estejam trabalhando nesse problema há meses. Tem sido extremamente difícil encontrar uma causa, dizem os especialistas.

As causas usuais de inflamação do fígado em crianças, os vírus da hepatite A, B, C, D e E, não foram detectadas nos testes. Além disso, os antecedentes das crianças eram muito variados e não parecia haver exposições comuns ao vírus.

Mais da metade dos casos nos EUA deram positivo para o adenovírus, dos quais existem dezenas de variedades. Em um pequeno número de amostras analisadas para descobrir que tipo de adenovírus era, o adenovírus 41 sempre aparecia, disse o Dr. Jay Butler, vice-diretor de doenças infecciosas do “CDC.”

Rastreamento de infecção

O rastreamento de infecções por adenovírus não é feito rotineiramente no país, portanto, não está claro se houve um aumento recente na atividade do vírus. Na verdade, os adenovírus são tão comuns que os pesquisadores não sabem ao certo o que fazer com sua presença nesses casos.

Cerca de 10% das infecções ocorreram em maio, disse Jay Butler. A taxa parece estar relativamente estável desde o final do ano passado, acrescentou. Alguns cientistas sugerem que os médicos podem estar descobrindo um fenômeno que vem acontecendo há anos.

O “CDC” estimou recentemente que, em fevereiro, 75% das crianças americanas haviam sido infectadas. Apenas 10% a 15% das crianças com hepatite misteriosa tiveram Covid-19, com base em testes de swab nasal realizados na admissão hospitalar.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie