Grande buraco azul no meio do mar é paraíso do mergulho no Caribe

Grande buraco azul no meio do mar é paraíso do mergulho no Caribe

Círculo escuro de 300 m de diâmetro em Belize pode ser visto do espaço. Peixes nadam em meio a estalactites em caverna que ficou submersa.

Barcos passam pelo Grande Buraco Azul em Belize (Foto: U.S. Geological Survey)
Barcos passam pelo Grande Buraco Azul em Belize (Foto: U.S. Geological Survey)

Um grande círculo azul escuro no meio do mar turquesa do Caribe atrai mergulhadores e turistas do mundo todo para Belize, na América Central.

O Great Blue Hole (Grande Buraco Azul) é, na verdade, uma caverna que se formou há dezenas de milhares de anos, quando o nível do mar era muito mais baixo do que na atualidade.

À medida que o oceano subiu, ela ficou submersa, mas preservou as estalactites, hoje rodeadas por animais marinhos de várias espécies, como arraias, peixes-papagaios e peixes-borboletas.

Localizado no Atol de Recifes Lighthouse, a cerca de 50 milhas a leste da cidade de Belize, o buraco é um círculo quase perfeito, de cerca de 300 metros de diâmetro e 125 metros de profundidade. É visível inclusive do espaço – foi captado por um satélite da Nasa em março de 2009.

No início dos anos 1970, o famoso oceanógrafo Jacques Cousteau explorou seus túneis e estalactites. O Buraco Azul é parte da Reserva de Barreiras de Recifes de Belize, considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Fonte: g1.globo.com