Funcionários de 13 representações diplomáticas do Brasil entram em greve

Funcionários de 13 representações diplomáticas do Brasil entram em greve

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Os funcionários de 13 representações diplomáticas do Brasil anunciaram nesta terça, dia 13 de maio, que irão paralisar por 48 horas. Eles reivindicam um reajuste salarial, maiores garantias trabalhistas, entre outros fatores.

Com a paralisação, os consulados brasileiros que sofrerão interrupção serão: o de Nova York, Atlanta, Los Angeles, Hartford, São Francisco e Houston, nos Estados Unidos; os consulados de Londres, Montreal, Frankfurt e Bruxelas, e também o consulado e embaixada de Paris e Berna.

A paralisação está sendo organizada pela Associação dos Funcionários Locais do Ministério das Relações Exteriores do Mundo (Aflex). Essa organização não inclui servidores de carreira que também atuam nas missões brasileiras, como os diplomatas e oficiais de chancelaria.

Os funcionários querem negociar um aumento de salário que acompanhe a inflação, segundo a presidente do Aflex, Claudia Rajecki. A organização defende que sejam priorizados os casos de salários que estão congelados há mais de três anos ou de funcionários que ganham abaixo da função que exercem.

Fonte: sidneyrezende.com