Frango provoca surto de infecção por salmonela nos Estados Unidos

Frango provoca surto de infecção por salmonela nos Estados Unidos

Pelo menos 278 pessoas adoeceram por terem comido frango infectado. Surto atingiu pessoas de 18 estados, segundo autoridades americanas.

Frango da marca Foster Farms é vendido em mercado de Los Angeles, na Califórnia, nesta terça-feira (8). (Foto: AFP Photo/Robyn Beck)
Frango da marca Foster Farms é vendido em mercado de Los Angeles, na Califórnia, nesta terça-feira (8). (Foto: AFP Photo/Robyn Beck)

Um surto de salmonela atingiu 18 estados dos Estados Unidos e provocou o adoecimento de centenas de pessoas nos últimos meses. Autoridades alertam os consumidores a cozinharem cuidadosamente o frango e tomarem outras precauções.

Um alerta de saúde pública foi emitido em relação ao frango cru empacotado em três unidades da empresa Foster Farms na Califórnia. Desde que cepas de Salmonela heidelberg foram detectadas em março, 278 pessoas adoeceram, segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, na sigla em inglês).

A salmonela foi detectada em frangos distribuídos em mercados de varejo nos estados da Califórnia, de Oregon e de Washington. A doença se concentrou na Califórnia, mas a salmonela já atingiu pessoas de 18 estados, segundo declaração do Departamento de Agricultura.

O surto parece ter começado em março e o Departamento de Agricultura foi notificado das doenças em julho, de acordo com Dan Engeljohn, do USDA. Pesquisadores tiveram dificuldade em determinar a fonte da doença, segundo Engeljohn.

O porta-voz da Foster Farms disse que não há nenhum recall em andamento e que as infecções foram provocadas pelo consumo do frango mal cozido.

“Essa é uma questão de saúde pública importante”, diz Anita Gore, porta-voz do Departamento de Saúde Pública da Califórnia. “O frango pode carregar bactéria e precisa ser totalmente cozido”, diz.

A salmonela é um patógeno que contamina carne durante o abate e o processamento e é comum em frango mal cozido. Pessoas infectadas por ela costumam apresentar diarréia, dor abdominal e febre.

Paralisação
A paralização do governo americano desacelerou os esforços do governo federal para proteger a saúde e a segurança dos americanos. O Centro de Controle e Prevenção de Doença, órgão federal, teve que chamar parte de sua equipe de volta ao trabalho para lidar com o surto de salmonela no país.

620x990_salmonela

Fonte: g1.globo.com (Da AP)