Força-tarefa inicia reabertura da economia na Flórida, anuncia governador.

Governador Ron DeSantis confiante na reabertura da economia

Flórida – urgente

Os indícios de estabilidade na Flórida, com a redução dos casos de contaminação pelo coronavírus, motivou o governador Ron DeSantis a criar uma “força-tarefa” com intuito de estruturar e planejar a reabertura da economia no estado. Ron foi enfático em seu pronunciamento ao dizer que em breve, “começam os trabalhos de planejamento para ressurgimento e a reabertura da Flórida”.

Durante entrevista com a imprensa, Ron DeSantis ressaltou que está sendo prudente com essa iniciativa já que os sinais apontam para um “achatamento da curva” de novos casos de coronavírus. “O número de pessoas que testa positivo está começando a diminuir. São testes diários, e estou confiante”, acrescenta.

Segundo o governador, ao ser indagado pelos jornalistas, os integrantes da força-tarefa até o momento não foram designados, mas que serão escolhidos entre deputados e senadores estaduais, líderes empresariais, educadores, profissionais de saúde e outros. Eles aconselharão o governador sobre as medidas a serem tomadas, após o fim da quarentena. Fala-se que os nomes dos membros da força-tarefa serão divulgados até o final da semana.

Preocupação com Turismo  

Quanto ao Turismo, Ron DeSantis não antecipou medidas específicas a serem tomadas, mas revelou sua preocupação em ouvir conselhos de especialistas da área de Turismo e Educação. “Quero que as ideias cheguem rapidamente. Tempo é essencial. Essa força-tarefa trabalhará em busca de soluções para a economia, educação, qualidade de vida – saúde física e mental – da nossa população”, reforça.

DeSantis precisa decidir o quanto antes se autoriza a volta à escola neste ano letivo, já que a ordem executiva que determinou o fechamento das escolas expira no dia 1º de maio, o que significa que os alunos retornariam em 4 de maio.

Prefeito de Miami –Dade –  Carlos Giménez, prefeito de Miami -Dade, está esperançoso e anuncia medidas para voltar ao trabalho, diante de estatísticas que mostram que o número de novos casos relatados da Covid-19, na Flórida, parecem estar diminuindo.

Foram contabilizados 608 novos casos de Covid-19 na terça-feira, 14. É o menor número desde o dia 27 de março, quando o estado registrou 697 casos naquele dia. Até esta quarta-feira, 596 pessoas morreram vítimas do novo coronavírus desde o início do surto.

Vale lembrar que Miami-Dade, o epicentro de infecções na Flórida, teve 146 mortes. Com 2,7 milhões de pessoas, Miami-Dade tem a população mais alta de todos os 67 municípios do estado, de acordo com os dados mais recentes do censo. Houve 105 mortes em Palm Beach County e 92 em Broward, segundo o Departamento de Saúde.