Flórida foi abençoada contra o monstruoso furacão Dorian

Flórida foi abençoada contra o monstruoso furacão Dorian

Edição de setembro/2019 – p. 29

Flórida foi abençoada contra o monstruoso furacão Dorian

Por onze dias, ficamos na expectativa de saber qual seria a direção que o gigante furacão seguiria e quais providências deveríamos tomar. Esta espera, apesar de muito frustrante, dá-nos tempo suficiente para nos preparar.

Aqueles que vivem aqui há muito tempo já estão habituados a esperar e ver exatamente o que fazer quando o furacão está mais próximo; mas, para os visitantes ou novos moradores da Flórida, pode ser uma experiência terrível e desesperadora. Ambos os lados têm suas vantagens e desvantagens.

Em relação aos primeiros, o lado bom é saber que não precisam desesperar-se, pois normalmente há tempo para saber quais os preparativos necessários para a chegada do furacão: eles possuem itens que protegerão a casa e que, normalmente, desaparecem com o afastamento do furacão, tais como gerador, madeiras para cobrir as janelas e portas de vidro ou shutters (que normalmente são uma proteção de metal própria para cobrir as portas e janelas de vidro contra ventos de furacão), weather radio (um rádio que informa sobre o tempo), lanterna, pilhas etc. A desvantagem é que, muitas vezes, eles não levam a sério os avisos das autoridades e arriscam suas vidas pensando que conhecem o tempo melhor do que os meteorologistas e as autoridades.

Referente aos segundos, é justamente o oposto: eles desesperam-se e saem comprando tudo o que acham necessário, criando filas, contribuindo para a falta de produtos devido ao armazenamento de grandes quantidades de alguns deles e contribuindo para um caos desnecessário. Por outro lado, eles obedecem às ordens dadas pelas autoridades e preparam-se, da melhor forma possível, no caso do furacão realmente passar na área onde se encontram.

A temporada de furacões vai de 1º de junho a 30 de novembro, tendo como pico o mês de setembro. Sabemos que o furacão Dorian ficou para trás, mas devemos estar preparados para os próximos que poderão vir. Esse é o preço que pagamos para vivermos em um estado maravilhoso, ensolarado quase o ano todo e com praias lindíssimas. Nosso mar possui uma água quente, especialmente no verão, estação em que o furacão se fortalece.

O que fazer depois do susto? Continuar preparado… ou melhorar o que não estava bom antes do furacão como o seguro de sua casa. Veja se ele precisa de alterações em suas cláusulas, porque esta é a hora de fazê-las. Quando as autoridades – no caso de desastres naturais – anunciam furacões ou tempestades que poderão tornar-se furacões, todas as seguradoras congelam o seguro. O que isso quer dizer? Que qualquer alteração poderá ter o prazo de espera de 30 dias após a passagem do furacão. Meu conselho é para não esperarem, analisem seu seguro e façam as mudanças necessárias o mais rápido possível. Agora não é hora de “baixar a guarda”, pois os danos causados por tempestades e furacões são imensos e se o seguro não os cobrir, você terá que arcar com essas despesas. Viver na Flórida e não ter um bom seguro de casa é uma das piores decisões tomadas, com grandes arrependimentos no futuro.

De acordo com um estudo feito por ValuePenguin, um em quatro proprietários de imóveis não faz nenhuma preparação em caso da chegada de um furacão, mesmo sabendo que setembro é o pico deles. Esse mesmo estudo chegou a um resultado preocupante: os proprietários subestimam os gastos que um furacão pode provocar em uma casa. 52% deles disseram que, em caso de um furacão passar por suas casas, eles acham que os estragos custariam menos de $10,000, não levando em consideração que esses gastos chegam a custar ao proprietário a média de $100.000 (de acordo com dados dos anos anteriores referente a danos causados por furacões). 43% das pessoas, neste estudo, acreditam que os meteorologistas e profissionais desta área exageram nos riscos dos furacões e 56% disseram que abandonariam suas casas somente se fosse mandatório.

Temporada de furacões

Vamos lembrar que ainda estamos na estação dos furacões. Segue, portanto, uma lista de itens a ser realizada, não somente para esta estação, mas também para todas as vindouras. Abaixo, aquelas que deverão ser tomadas primeiramente:

  • ouça o NOAA Radio (rádio meteorológico) para obter atualizações corretas do tempo, seguindo as instruções dadas;
  • reponha os itens que estejam faltando em seu kit de emergência;
  • filme ou tire fotos de sua casa e dos seus bens internamente e externamente para poder mandar para a seguradora se necessário;
  • remova qualquer objeto da parte exterior da casa que possa voar com o vento;
  • comece a preparar a casa fechando as janelas, trancando portas e instalando a proteção de metal ou madeira sobre as janelas e portas;
  • coloque a geladeira e freezer na temperatura mais alta e deixe-os fechados pelo maior tempo possível para que a comida dure mais em caso de falta de energia;
  • desligue o botijão de gás e todos os aparelhos domésticos menores;
  • coloque combustível no carro e carregue celulares, Ipads etc.;
  • crie um plano com a família para que saibam o que fazer no caso de ser necessário sair da casa;
  • visite www.FloodSmart.gov para se informar sobre o seguro em caso de inundação.

Lista de itens necessários:

  • água para três dias (no mínimo). Calcule um galão por dia para cada pessoa;
  • alimentos simples de serem preparados para três dias ao menos;
  • lanternas e pilhas;
  • rádio meteorológico (NOAA Weather Radio) que funcione com pilha;
  • medicamentos para sete dias;
  • itens pessoais e de higiene;
  • celulares(inclusive para tirar fotos ou gravar a casa) e carregadores;
  • dinheiro em espécie;
  • lençóis para emergência;
  • mapas da área onde você vive;
  • itens de bebê (se houver algum na casa);
  • itens para os animais de estimação (se houver algum na casa);
  • ferramentas para a segurança da casa;
  • chave extra do carro e da casa;
  • roupas lavadas;
  • itens para se protegerem da chuva;
  • repelente de inseto e filtro solar.

A lista é grande, mas importante para nós nos sentirmos preparados e confiantes. Unamo-nos em uma só voz agradecendo a nosso PAI por Dorian ter passado por nós sem nos causar danos e pedindo sua proteção divina para os próximos que poderão vir.