Flórida executa homem por estrupro e morte ocorridos em 1986

Flórida executa homem por estrupro e morte ocorridos em 1986

William Happ, de 51 anos, recebeu injeção letal. Ele atacou jovem de 21 achada por acaso em estacionamento de loja.

William Happ em foto não datada divulgada pelas autoridades (Foto: AP)
William Happ em foto não datada divulgada
pelas autoridades (Foto: AP)

O americano William Happ, de 51 anos, foi executado na noite desta terça-feira no estado da Flórida. Ele havia sido condenado pelo estupro e pela morte por estrangulamento de uma mulher que encontrou por acaso no estacionamento de uma loja de conveniências, em 1986.

Autoridades afirmaram que Happ foi dado como morto às 18h16, na prisão estadual da Flórida, em Starke.

Ele foi morto por injeção letal.

Sua vítima, Angie Crowley, havia se mudado para a região, vinda de Oregon, Illinois, apenas cinco meses antes de ser morta.

Ela estava viajando para visitar uma amiga no norte do estado, quando parou em Crystal River para usar um telefone público.

Happ estava ali por acaso. Ele quebrou o vidro do carro e sequestrou Crowley.

Ele a estuprou, matou-a estrangulada com sua calça colante e depois jogou o corpo em um canal.