Flórida é o estado com maior número de casos de Encefalite Equina do Leste

Flórida é o estado com maior número de casos de Encefalite Equina do Leste

Foram 13 casos em 9 anos, de uma doença que pode ser fatal

Edição de agosto/2019 – p. 17

Flórida é o estado com maior número de casos de Encefalite Equina do Leste

As autoridades de saúde da Flórida estão em alerta após a recente divulgação de dados consolidados sobre a incidência de Encefalite Equina do Leste (EEE), publicados pelo órgão Centro de Controle e Prevenção de Doenças – CDC. O levantamento considerou todos os casos registrados nos Estados Unidos desde o ano de 2009. O resultado chamou a atenção: a Flórida é o líder nacional, com 13 registros.

Número de casos registrados de EEE nos Estados Unidos entre 2009 e 2018. A Flórida é estado com o maior número de casos. Seguido por Massachussets e Nova York. Fonte CDC.

Várias galinhas tiveram testes positivos para EEE, que podem se espalhar para humanos por meio de mosquitos contaminados e causar infecção e inchaço no cérebro, informou o Departamento de Saúde da Flórida, no Orange County, em um comunicado oficial. Galinhas sentinela são aves que são testadas regularmente para o vírus do Nilo Ocidental e EEE. Seu sangue pode mostrar a presença das doenças, mas elas não sofrem os efeitos dos vírus.

Após os testes positivos para as galinhas sentinela em Orange County, o departamento de saúde disse que “o risco de transmissão para os seres humanos aumentou”. Apenas cerca de sete casos do vírus EEE em humanos são relatados nos EUA a cada ano, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. No entanto, o risco pode ser fatal: cerca de 30% das pessoas que contraem a doença morrem, de acordo com o CDC. Muitos sobreviventes têm problemas neurológicos como sequelas.

As pessoas desenvolvem sintomas cerca de 4 a 10 dias depois de serem picadas por um mosquito infectado, diz o CDC. Os sinais incluem início súbito de dor de cabeça, febre alta, calafrios e vômitos. Sintomas mais graves incluem desorientação, convulsões e coma.

Com o verão intenso no Sunshine State, o surgimento dos mosquitos é cada vez maior. Autoridades alertaram as pessoas para evitarem se expor ao contato com os insetos, especialmente em regiões próximas a lagos. O departamento de saúde do Orange County orienta as pessoas que cobram a pele com roupas ou repelentes, e usem telas para cobrir portas e janelas.