Faça o seu novo ano feliz!

voltar

JAN/12 – pág. 28

O que vocês querem deste novo ano, meus caros amigos imigrantes? Mais dinheiro? Mais saúde? Mais amor? Claro que sim!

Ter desejos e sonhos é saudável. Ter objetivos, indispensável. Eles nos motivam e encantam.

Contudo, bons objetivos são aqueles que reúnem três características:

1ª. realistas – coisas que eu possa, na realidade, realizar;

2ª. específicos – quanto mais, melhor, por exemplo, em vez de dizer: “Vou emagrecer este ano”, diz-se: “Quero perder 20 libras, mais ou menos 2 por mês”, bem como ter um plano específico, como: “Vou caminhar a pé durante 30 minutos todas as manhãs e vou consultar o meu médico e uma nutricionista, para que ela me ajude a desenvolver um plano de alimentação mais saudável”;

3ª. algo que dependa de mim, não de outra pessoa, por exemplo: “Vou deixar de fumar se o meu marido também o fizer” ou “Vou começar a fazer exercícios se tiver companhia”.

Convém também fazer mais duas coisas:

1ª. partilhar o seu desejo e plano com alguém de confiança (para que se sinta apoiado e mais sério no desenlace do seu percurso);

2ª. verificar, no meio do caminho, se deve fazer algumas modificações (quais e como).

O objetivo não é estressar, é melhorar, crescer, aproveitar e saborear!

Contem com o meu apoio! Bons planos, boa sorte, bom ano!

Rosario Ortigao, LMHC, MAC
Conselheira de Saúde Mental
407 628-1009
rosario@ortigao.com