Ex-pastor é encontrado morto com vestígios de suicídio na Flórida (EUA)

Ex-pastor é encontrado morto com vestígios de suicídio na Flórida (EUA)

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em um caso triste caso que abalou uma igreja evangélica da Flórida (EUA), o ex-pastor Isaac Hunter, de 36 anos, foi encontrado morto em seu apartamento, nesta última terça-feira (11), com vestígios de um possível suicídio.

Fundador de uma igreja na cidade de Orlando, Hunter tinha um papel importante no exercício de ajudar a fortificar o Cristianismo no sul dos Estados Unidos, já que possuía um vasto histórico de dedicação em prol do ministério.

Envolvidos com o trabalho do pastor, os funcionários da igreja ainda esperam um relatório com o exame dos peritos da polícia, para ter certeza de que se tratou realmente de um suicídio. Contudo, muitos se mostram consternados.

Várias mensagens de dedicação aos esforços de Hunter foram enviadas por líderes religiosos, com a intenção de expressar o sentimento de tristeza pelo ocorrido e em apoio à família do ex-pastor, com forte participação entre as principais divisões eclesiásticas do país.

Isaac Hunter é filho de Joel C. Hunter, pastor sênior da Igreja Northland na Flórida, e ex-membro do Conselho Consultivo do presidente americano Barack Obama para Questões Religiosas e Parcerias da Vizinhança.

O Pastor Vernon, da Igreja Northland, fez questão de deixar sua mensagem de solidariedade à família de Isaac: “Todos nós estamos de luto pela família Hunter, e sentimos profundamente a perda de Isaac. Palavras não podem expressar a dor que estamos sentindo. Nós amamos essa família e somos muito gratos pelo impacto que eles tiveram em cada uma de nossas vidas”, resume ele.

Durante a mensagem o Pastor Vernon também pediu que respeitassem a privacidade de Isaac e de sua família. Além do possível suicídio, o ex-pastor teria outras questões conturbadas vindo à tona, como o escândalo que o afastou do ministério de sua igreja.

Em dezembro de 2012, Isaac Hunter admitiu ter vivido um caso de adultério, que agravado por uma acusação de violência sua esposa, Rhonda Hunter, o levou a abandonar o cargo de pastor. Rhonda possuía três filhos com Isaac, sendo casada com ele há cerca de 13 anos.

Fonte: portugues.christianpost.com