Ex-atleta do Corinthians investe no futsal em Orlando

Ex-atleta do Corinthians investe no futsal em Orlando

voltar

NOV/2016 – pág. 20

André Joseph Passantino vestiu a camisa do time que detém a maior torcida do Brasil e conquistou o título de Campeão Brasileiro em 1990. Atualmente comanda a “Orange Soccer Academy” que prepara alunos para o futsal

IMG_0421

Aos sete anos de idade já demonstrava paixão pelo esporte, integrando a equipe de futebol de Salão do Corinthians, em São Paulo, mais tarde, aos 13 anos, atuou como médio volante no time de campo do clube alvinegro. Ele passou por todas as categorias de base do Timão, quando, em 1989, foi convocado para compor o elenco profissional. André Joseph Passantino vestiu a camisa de um dos times que detém a maior torcida do Brasil, conquistando o título de Campeão Brasileiro em 1990, consolidando o objetivo de ser jogador profissional. Entretanto, acabou deixando o gramado ainda muito jovem, mediante ao incidente ocorrido durante a disputa pela Taça São Paulo de Futebol, que o levou a voltar para o futsal – jogando pelos times do S.C. Corinthians Paulista, São Paulo Futebol Clube, S.E. Palmeiras e Banespa -, onde conquistou prestígio. E após 18 anos trabalhando como executivo da ACM/YMCA, em 2015 decidiu vir morar nos Estados Unidos. Na verdade, Passantino estava retornando ao seu país, pois ele é americano – natural do Brooklyn, em Nova York. “Vim a Orlando com o projeto de abrir uma escola de futsal e futebol de campo para crianças entre seis a quinze anos. Trouxe do Brasil uma metodologia diferenciada para a nossa escola – “Orange Soccer Academy” -, que tem o futebol de salão como transição para o futebol de campo. A maioria dos grandes jogadores brasileiros começou no futsal”, revela o empresário

Formado em Educação Física pela Universidade São Judas Tadeu, em São Paulo, com diploma validado na Flórida (USA) Passantino está atento no comando da “Orange Soccer Academy”, em Orlando, treinando alunos de Middle e Elementary Schools de ambos os sexos -, orientando-os e passando as técnicas do futebol de salão e de campo. “É um projeto inovador, os treinamentos ocorrem no ginásio da Freedom Middle School e no campo da Lake Nona Middle School, ambos no Condado de Orange (OCPS – Orange County Public Scholls) oferecendo aos alunos do Condado e regiões próximas a prática das duas modalidades. Estamos focados no desenvolvimento e aprimoramento de base para formação de grandes atletas”, enfatiza.

“O futsal proporciona ao jogador um aprimoramento físico e técnico devido ao seu dinamismo. Comparando as duas modalidades futebol de salão e o futebol de campo, o que se pode constatar é que a criança em quadra toca muito mais a bola do que no gramado. No futebol de salão a criança tem mais contato com a bola tendo em vista o espaço reduzido e o número de atletas”, ressalta Passantino. “E o nosso método de transição do futsal para o futebol de campo prepara o aluno para o gramado. Tal treinamento permite a criança se destacar dos demais pois estará melhor preparada para jogar com bom domínio de bola, em um time de futebol de campo. Eu, por exemplo, comecei minha carreira no futsal para depois ingressar no futebol de campo, assim também aconteceu com grandes jogadores da atualidade como Neymar, Ronaldinho Gaucho, Philipe Coutinho, reforça.

Segundo o empresário, a modalidade futsal ganhará impulso no país a partir de 2018, quando a Liga profissional (Professional Futsal League), iniciará suas atividades nos Estados Unidos. “As atividades da liga motivarão muito mais as competições de futsal e as nossas crianças estarão preparadas para futuros campeonatos na modalidade”, acrescenta. “Temos atividades na quadra e no gramado. As crianças podem treinar futsal e o futebol de campo”.

El Passo no Texas

Após deixar o time profissional do Corinthians em 1991, devido a suspensão que levou durante a Copa São Paulo, após desentendimento com o árbitro da partida entre Timão e o São Paulo, no campo do Nacional – 1991-, Passantino voltou para o futsal. Foi jogar no Banespa – que vinha de uma excelente campanha. “O salário era muito bom e eu estava magoado com a injusta suspensão no Corinthians. E quando terminou a suspensão eu voltei para o clube, mas queriam me emprestar para um time do interior. Foi quando decidi ficar no Banespa”, lembra o ex-jogador.

Posteriormente foi jogar no Texas, a convite do time de futebol de campo do de El Passo “Patriots”, por intermédio do então técnico do Corinthians, o saudoso Carlos Alberto Torres. “O Carlos Alberto sabia que eu era americano e fez contato com o pessoal do El Passo para eu jogar no Texas. Fiquei na equipe texana por um período e depois fui para a Espanha jogar futsal no time Academia Total, da cidade de Orência, na Galícia. Retornei ao Brasil em 1997 e joguei no time de futsal do São Paulo e Palmeiras. A idade chegou então decidi parar de jogar. Tinha terminado a Faculdade de Educação Física e comecei a trabalhar na ACM/YMCA” responsável pela área de esportes, onde fiquei por dezoito anos, chegando ao cargo de Executivo CEO de Unidade”, acrescenta Passantino.

Serviço

“Orange Soccer Academy”

Futsal – Ginásio Freedom Middle School

2850 W Taft Vineland Rd, FL 32837

Futebol de Campo – Campo Lake Nona Middle School

13700 Narcoossee Rd, Orlando, FL 32832

Fone: 407-719-0160

Inscrições www.orangesocceracademy.com


WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga