EUA: petição contra Dilma não representa opinião do governo

EUA: petição contra Dilma não representa opinião do governo

noticia_94598Brasileiros descontentes com a reeleição de Dilma Rousseff (PT) criaram, no dia 28 de outubro, uma petição no site da Casa Branca exigindo um posicionamento do presidente norte-americano Barack Obama sobre a “expansão bolivariana e comunista” no Brasil. Até a tarde desta terça-feira, ela havia sido assinada por 129.716 pessoas. Como resposta, a Adida de Imprensa da Embaixada dos EUA em Brasília, Arlissa Reynolds, alegou apenas que a petição “não representa as opiniões do governo”.

“A página para petições no site da Casa Branca ‘We the People’ é destinada a cidadãos norte-americanos para terem a sua voz ouvida pelo governo dos Estados Unidos. Qualquer pessoa com 13 anos de idade ou mais pode criar e/ou assinar uma petição sobre uma série de problemas enfrentados pelos EUA. Petições apresentadas nessa página não representam as opiniões do governo dos EUA”, disse, por meio de um comunicado.

Em seguida, Reynolds lembrou ainda que a Casa Branca publicou, no dia seguinte ao segundo turno, uma declaração parabenizando Dilma por sua reeleição. “O Brasil é um importante parceiro para os Estados Unidos e estamos empenhados em continuar a trabalhar com a presidente a fim de fortalecer as nossas relações bilaterais”, afirmou na ocasião.

Fonte: terra.com.br