EUA e União Europeia discutem sanções na Ucrânia, diz Kerry

EUA e União Europeia discutem sanções na Ucrânia, diz Kerry

Objetivo é criar condições para possível acordo no país dividido. Confrontos entre manifestantes e polícia deixaram mortos em Kiev.

Fotografia © Reuters/Konstantin Chermichkin
Fotografia © Reuters/Konstantin Chermichkin

O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, disse nesta quarta-feira (19) que EUA e Europa discutem possíveis sanções na Ucrânia com a intenção de criar condições para um acordo no país dividido entre situação e oposição.

Segundo o principal diplomata americano, “ainda há tempo” para um acordo, mesmo com a escalada de violência no país que deixou mortos e feridos na véspera.

Os EUA pediram ao governo da Ucrânia que retire a polícia de choque da Praça da Independência, em Kiev, convoque uma trégua e mantenha discussões com a oposição, disse pouco antes o vice-conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Ben Rhodes.

Rhodes, falando a jornalistas a bordo do avião presidencial, disse que a Casa Branca iria considerar o uso de sanções contra os responsáveis pela violência na Ucrânia. Ele afirmou também que tem consultado a União Europeia sobre o assunto.

Ben Rhodes disse que os EUA gostariam de ver a Rússia apoiando esforços para reduzir tensões na Ucrânia.

Fonte: g1.globo.com