Etapas do Processo de Produção Musical

Etapas do Processo de Produção Musical

Edição de maio/2018 – pág. 42

Etapas do Processo de Produção Musical

Em artigos anteriores abordamos algumas das etapas indispensáveis referentes ao processo de produção musical. Como novas tecnologias surgem a cada dia, retomamos o assunto nesta edição. Os novos recursos servem como ferramentas para que o processo de produção musical seja ainda mais prazeroso e inclusive mais rentável. Confira a seguir assuntos como distribuição de músicas em formato físico e digital, registro de músicas e divulgação.

Distribuição

Antes mesmo de receber CDs replicados/fabricados, contate empresas responsáveis pela distribuição de CDs e música em formato digital. Produzir um CD e não ter um serviço de distribuição que realize o serviço de forma profissional, significa pôr em risco o trabalho a ser lançado. No Brasil, a Tratore e a CD Baby são algumas das muitas empresas que realizam distribuição de música em formato digital para boa parte dos pequenos selos brasileiros. Nos Estados Unidos a mesma CD Baby faz distribuição, levando sua música a plataformas digitais como iTunes, Amazon, Deezer e Spotify.

Se você vai fazer apenas a distribuição digital de sua música – ou seja, vender a música sem mesmo fabricar o CD físico –, você também precisa providenciar os códigos ISRC referentes aos fonogramas (músicas). A Tratore, por exemplo, insere de um número de ISRC temporário, o qual irá identificar a gravação nas plataformas digitais. No entanto, esse código deverá ser trocado por um definitivo, emitido pelo produtor fonográfico, o mais breve possível. Esse procedimento de ISRC temporário não pode ser realizado em CDs, uma vez que não há como trocar os códigos inseridos no CD.

Registro de Músicas

O registro de músicas no Brasil é feito na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. A Biblioteca Nacional procede registro de letras de músicas, músicas com partitura, textos literários, poesias, crônicas, contos e afins.

O valor cobrado pode variar para pessoas jurídicas e para registrar músicas com partituras (que nesse caso, o valor será cobrado por obra). Antes mesmo de realizar o trabalho, contate a Biblioteca Nacional para obter informações complementares sobre o processo de registro de obras. De qualquer forma, jamais realize uma produção sem prévio registro de suas obras. Nos Estados Unidos, os registros podem ser feitos junto a ASCAP, CD Baby Pro Publishing ou ainda via o site Copyright (http://www.copyright.gov/).

Editora Musical

Fazer a edição de uma música não é uma prática obrigatória em uma produção musical. Em se tratando produções musicais independentes, ou seja, quando o próprio compositor é quem banca a produção do CD, a edição normalmente não é realizada.

De qualquer forma, é importante que você conheça como funciona o procedimento, para decidir – ou não – pela edição de suas obras. Quando um contrato de edição é realizado entre editora musical e artista, a editora passa a administrar os direitos autorais de uma determinada obra intelectual (uma música, por exemplo). A partir daí, ela irá reter um valor percentual sobre qualquer arrecadação proveniente da utilização dessa música – uma regravação a ser feita por outro artista ou simplesmente na possibilidade de uso de sua música em uma coletânea, por exemplo. No Brasil, a União Brasileira de Editoras de Música – UBEM (http://www.ubem.mus.br/) oferece todas as informações necessárias referentes ao serviço. Nos Estados Unidos, a ASCAP e CD Baby Pro Publishing realizam o serviço.

Divulgação

A apresentação do CD à mídia é feita durante a divulgação, quando o próprio artista ou assessor de imprensa contratado deverá providenciar fotos e release, para juntamente ao CD, encaminhar o material a mídia (TV, rádio, websites especializados e afins). Atualmente, mais e mais artistas já realizam o trabalho de divulgação por conta própria, produzindo material fotográfico e descritivos sobre o trabalho, tudo com qualidade profissional. Não poupe trabalho e dedicação durante essa etapa de sua produção musical.

Promoção

É recomendável que todo e qualquer produto a ser lançado venha a ser promovido por meio de redes sociais, anúncios em revistas especializadas e websites. Uma produção amparada com recursos de promoção poderá conquistar espaço dentre os muitos trabalhos lançados diariamente.

Website

Hospedar informações na web é importante, mas ter uma página no Facebook é indispensável. Ao criar uma página, o artista tem a possibilidade de hospedar imagens, músicas e link para venda do trabalho junto às plataformas digitais e grandes magazines. Podemos inclusive arriscar ao afirmar que atualmente, é mais importante ao artista ter uma página no Facebook que propriamente ter um website próprio. Não fique fora desta. Apareça, inclusive internacionalmente, criando sua página no Facebook.

Serviço

http://www.tratore.com.br

https://www.cdbaby.com

https://www.ascap.com

http://www.ubem.mus.br

http://www.copyright.gov

https://www.bn.gov.br/servicos/direitos-autorais