ESALQ assina acordo de cooperação com universidade da Florida

ESALQ assina acordo de cooperação com universidade da Florida

Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ) - Foto: Wikimedia Commons
Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ) – Foto: Wikimedia Commons

A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ) assinou, em maio, um acordo de cooperação com The University of Florida Board of Trustees, localizado em Gainesville, Flórida, EUA, mais especificamente com o College of Agricultural and Life Sciences (CALS) http://cals.ufl.edu.

“A finalidade deste acordo é implementar o intercâmbio de alunos entre as duas universidades em caráter contínuo de acordo com as leis, regras e regulamentações de cada instituição, de seus órgãos dirigentes, bem como dos órgãos estaduais e nacionais”, contou Carlos Guilherme Silveira Pedreira, professor do Departamento de Zootecnia (LZT) que coordenará as atividades do acordo na ESALQ. Ainda de acordo com o professor do LZT, todas as áreas ligadas à agricultura serão beneficiadas. “O College of Agricultural and Life Sciences (CALS) da Universidade da Florida oferece 25 programas de graduação -(http://cals.ufl.edu/students/undergraduate-majors-contacts.php) – e 22 de pós-graduação (http://cals.ufl.edu/students/graduate-majors-contacts.php), com destaque para as linhas de pesquisa da agricultura tropical em geral, incluindo pastagens, citricultura, entomologia e nematologia tropical”, complementa.

O acordo prevê o intercâmbio de até três (03) alunos por ano acadêmico. Os estudantes deverão frequentar um período acadêmico na instituição anfitriã, mas dois períodos poderão ser cursados desde que aprovados com antecedência.

Segundo o documento assinado por representantes das duas escolas, a instituição de origem deverá identificar e selecionar os candidatos para o programa de intercâmbio. Candidatos ao Período de Verão deverão ser indicados até 01 de Fevereiro, candidatos ao Período de Outono, até 01 de maio, e ao Período de Primavera, até 01 de Outubro. Cada grupo de candidaturas deverá incluir uma lista em ordem de prioridade de candidatos extras aptos a substituir os candidatos indicados primeiramente que eventualmente não possam participar do intercâmbio. A instituição anfitriã reserva-se o direito de emitir a aceitação final para cada estudante indicado para o intercâmbio. As aceitações finais dependerão principalmente das indicações feitas pela instituição de origem.

Sobre os critérios para a aceitação no programa prevê que o candidato deve comprovar o seu conhecimento linguístico exigido pela instituição anfitriã. Os alunos da ESALQ devem demonstrar ter proficiência nas habilidades comunicativas em língua inglesa. Os alunos da ESALQ podem inscrever-se em qualquer um dos cursos oferecidos pela CALS como aluno integral, especial ou sem vínculo em nível de graduação, pós-graduação ou especialização conforme os critérios da instituição anfitriã. Além disso, é requisito que o aluno tenha cursado pelo menos um ano letivo em sua Instituição de origem antes de participar do programa. Após um ano acadêmico na instituição anfitriã, os alunos participantes do intercambio devem retornar ao seu país de origem.

O acordo entre ESALQ e a universidade dos EUA permanecerá em vigor por um período de cinco anos a partir da data da última assinatura, 8 de maio de 2014.

Fonte: segs.com.br