É seguro viajar na pandemia? Alerta de autoridades da Flórida.

Antes de embarcar, verifique os procedimentos e segurança, alerta infectologista da Flórida

 

Depois de um ano confinados às restrições – distanciamento social, o uso de máscaras e limitação nos aeroportos –, os vacinados estão considerando pegar a estrada e os céus abertos novamente. Mas fica a pergunta: viajar é seguro em época de coronavírus? Acompanhe o alerta de autoridades e infectologista da Flórida

 

Da Redação

Com a marca de 100 milhões de pessoas já vacinadas nos EUA, a possibilidade de poder viajar com mais tranquilidade é a esperança de cidadãos da Flórida, que começam a planejar os próximos voos durante a pandemia. E depois de um ano confinados às restrições – distanciamento social, o uso de máscaras e limitação nos aeroportos –, os vacinados estão considerando pegar a estrada aberta e os céus abertos novamente. Mas fica a pergunta: Viajar é seguro em época do coronavírus?

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) afirmam que pessoas totalmente vacinadas podem viajar com baixo risco para si mesmas. Os viajantes que foram totalmente vacinados contra Covid-19 têm menos probabilidade de pegar ou espalhar o vírus.

O CDC recomenda atrasar as viagens até que você esteja totalmente vacinado. E completamente vacinado, significa duas semanas após a segunda dose das vacinas Pfizer ou Moderna e duas semanas após a vacina de dose única da Johnson & Johnson.

 

Os cuidados nas estradas – Segundo o professor e presidente do Departamento de Filosofia e Religião da Universidade de Tampa, Marcus Arvan, “se a lei permite que você viaje à vontade, contanto que você respeite e cumpra todas as medidas de segurança pública exigidas, não vejo empecilho. Nesse caso, um compromisso entre liberdade e saúde pública”, ressalta.”

Já o virologista e professor da “Universidade de South Florida Morsani College of Medicine”, Dr. Michael Teng, afirma que, “se você estiver totalmente vacinado, os riscos são menores. Agora, se a cobertura de vacinação for menor onde você está indo, tome cuidado especial para seguir as orientações do coronavírus sobre como evitar multidões, mascarar, distanciar-se socialmente e lavar as mãos. Quando você está em uma situação em que não sabe se as pessoas foram vacinadas ou não, é sempre bom ter cuidado”, disse ele.

 

Pesquise antes de viajar

O que Dr. Michael Teng orienta é que você faça a sua pesquisa antes de viajar. Pesquise no Google seu destino e “restrições de viagem”. Verifique com os departamentos de saúde locais para onde você está indo e ao longo do caminho para quaisquer requisitos.

Se você estiver viajando para o exterior, pode verificar com o Departamento de Estado dos EUA – Escritório de Assuntos Consulares – em travel.state.gov. Se você estiver voando, verifique com a companhia aérea se você precisa levar informações de saúde ou exames.

 

Proibida prova de vacinação

Na Flórida, há controvérsias sobre os chamados passaportes de vacina, ou a exigência de prova de que alguém tomou as vacinas. O governador Ron DeSantis é contra tais requisitos, e a “Legislatura da Flórida” acaba de aprovar projeto lei que proíbe empresas, escolas e entidades governamentais de pedir a qualquer pessoa que forneça prova de vacinação contra a Covid-19.

 

Ainda assim, se você estiver viajando, seu cartão de vacina e as informações que ele contém podem ser importantes. Certifique-se de deixar cópias da frente e do verso do seu cartão com segurança em casa e tire fotos do seu cartão no telefone como backup.

 

Dicas para ficar seguro

Especialistas em saúde dizem que é mais seguro ter contato próximo apenas com membros de sua família e com pessoas totalmente vacinadas. E embora o CDC recentemente tenha dito que pode ser normal ficar sem máscara longe de outras pessoas, as máscaras devem sempre ser usadas em aviões, trens, ônibus e outros transportes públicos e em aeroportos e estações de ônibus e trens.

Se você dirigir, planeje menos paradas para evitar contato com estranhos. Considere um destino com menos multidões e muito o que fazer ao ar livre.

Em geral, se você pegar a estrada, não afrouxe os padrões de segurança pandêmicos que conhecemos tão bem: use sua máscara, fique a dois metros de distância, evite aglomerações, lave as mãos e use seu desinfetante para as mãos com frequência.