“Dreamers” reivindicam solução ao Congresso após 10 anos na fila de espera

Ativistas pedem ao Congresso uma solução definitiva para proteção dos 800 mil jovens que integram o “DACA”

Na quarta-feira, cerca de 200 “dreamers” e ativistas pediram ao Congresso que aprove uma solução permanente para 800 mil jovens temporariamente protegidos pelo programa de imigração

Da Redação – Há dez anos, o ex-presidente Barack Obama lançava uma iniciativa para proteger os imigrantes irregulares que chegaram ainda crianças aos EUA. E após uma década, os “dreamers” – sonhadores –, como são chamados, continuam a espera de uma solução definitiva. Na quarta-feira, cerca de 200 “dreamers” e ativistas pediram ao Congresso que aprove uma solução permanente para 800 mil jovens temporariamente protegidos pelo programa de imigração, “Ação Diferida de Chegadas da Infância (DACA).”

______continua após a publicidade_______

seguro

“Precisamos de 218 votos na Câmara dos Deputados e 60 no Senado”, disse Rebecca Shi, diretora da “American Business Coalition for Immigration”, durante entrevista coletiva perto do edifício do Capitólio.

Segundo Rebecca, “se os membros do Congresso realmente querem resolver a escassez de mão de obra e aliviar a inflação, eles precisam levar a sério uma solução de imigração”.

Ativistas reunidos na quarta-feira indicou que cerca de 343.000 “Dreamers” são trabalhadores essenciais – 34.000 prestam serviços de assistência médica e 11.000 trabalham em hospitais e clínicas.

O programa que adiou as deportações de jovens trazidos para o país ainda crianças por seus pais indocumentados começou em 2012 durante o governo de Barack Obama como medida temporária de proteção aos imigrantes.

Na ausência de uma ação legislativa que desse uma solução permanente para a situação de cerca de 800.000 jovens protegidos pelo programa, o ex-presidente Donald Trump cancelou-o em 2017 mas, devido a reclamações judiciais, continuou a funcionar até à decisão do Supremo Tribunal.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie