Dona da Nextel pede proteção contra falência nos Estados Unidos

Dona da Nextel pede proteção contra falência nos Estados Unidos

NII Holdings informou que subsidiária no Brasil não faz parte do processo. Medida permite reorganizar dívidas enquanto empresa continua operando.

nextel-4g_70781_1A NII Holdings, dona da marca Nextel na América Latina, pediu proteção contra falência nos Estados Unidos nesta segunda-feira (15). Em seu site oficial, a companhia afirma que este é “o primeiro passo para a reestruturação das suas obrigações de dívida e para melhorar a liquidez da empresa”. Segundo a NII Holdings, as empresas subsidiárias no Brasil, na Argentina e no México não fazem parte do processo de falência nos Estados Unidos.

O pedido foi feito com base no capítulo 11 da Lei de Falências dos EUA – que possibilita a reestruturação e reorganização das dívidas enquanto a empresa continua trabalhando.

A NII Holdings opera em vários países na América Latina sob a marca Nextel, e atualmente enfrenta o aumento da competição no Brasil e no México, seus principais mercados, segundo a agência Reuters. No pedido, a empresa listou patrimônio US$ 2,88 bilhões e dívidas de US$ 3,47 bilhões.

Dificuldades financeiras
A companhia vem perdendo clientes e sofrendo um declínio na receita média por usuário, de acordo com a Reuters. A NII Holdings alertou em agosto que poderia entrar com pedido de proteção à falência após divulgar seu nono prejuízo consecutivo.

A empresa encerrou o trimestre com US$ 1 bilhão em caixa, um prejuízo líquido recorrente de US$ 629 milhões e uma redução de 77 mil clientes em sua base. A NII Holdings contratou os bancos UBS e Rothschild em março para assessorar em uma potencial venda e uma reestruturação de dívida, respectivamente.

Fonte: g1.globo.com