Discurso de Biden foca na democracia e pede união entre os líderes das Américas

Presidente Joe Biden enfatizou a necessidade de buscar soluções para questões políticas compartilhadas

“A democracia não é apenas a característica definidora das histórias americanas, mas o ingrediente essencial para o futuro das Américas”, afirmou Joe Biden que se encontrará com o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta

Da Redação

______continua após a publicidade_______

seguro

Joe Biden fez discurso contundente na abertura oficial da “Cúpula das Américas”, na quarta-feira em Los Angeles, onde se reúnem líderes de países das Américas para discutir e buscar soluções para questões políticas compartilhadas. Um dos pontos principais da fala do presidente foi à democracia.

O governo Biden chega à 9ª edição da “Cúpula das Américas” com a expectativa de fazer do evento uma virada na política internacional dos EUA. Uma oportunidade para “construir uma nova agenda e um novo entendimento do que é importante para o continente americano hoje”, afirmou o ex-embaixador dos EUA para o Brasil Thomas Shannon.

“Nesta cúpula, temos a oportunidade de nos reunir em torno de algumas ideias ousadas, ações ambiciosas e demonstrar ao nosso povo o incrível o poder da democracia para oferecer benefícios concretos e tornar a vida melhor para todos, todos”, disse Biden.

“A democracia não é apenas a característica definidora das histórias americanas, mas o ingrediente essencial para o futuro das Américas”, afirmou.

Essa é a primeira vez que os EUA sediam a “Cúpula das Américas” desde a sua iniciação em 1994. Mas a decisão do presidente de não incluir Cuba, Venezuela e Nicarágua gerou um boicote de várias nações. O presidente do México, bem como os líderes de El Salvador, Honduras e Guatemala faltaram à reunião em protesto.

Encontro com Bolsonaro

Em Los Angeles, Biden deve se encontrar nesta quinta-feira pela primeira vez com o presidente Jair Bolsonaro, que pensou em um boicote antes de prometer um encontro pessoal com o líder americano. Os dois líderes nunca se falaram, apesar dos repetidos pedidos por parte do Palácio do Planalto para que uma aproximação fosse realizada. Mas, para garantir que a “Cúpula das Américas”  não fracassasse, Biden ofereceu um encontro com Bolsonaro.



____________________publicidade___________________

seguro

anuncie