Dia Mundial da Saúde Mental

Dia Mundial da Saúde Mental

voltar

OUT/14 – pág. 78

saude_rosario_mental10 de outubro foi o dia mundial da saúde mental. Que isso significa? Para mim, é oportunidade para se falar do assunto e para conscientizar as pessoas que a saúde mental é tão importante como a física. Devemos cuidar de ambas e respeitá-las.

Assim como se fala abertamente sobre diabetes ou câncer, deve-se falar sobre bipolaridade ou ansiedade. Não há do que ter vergonha. A depressão afeta todos pelo menos uma vez na vida. E existem pessoas que sofrem dessa doença cronicamente ou episodicamente. É muito importante procurar ajuda e também encaminhar amigos e familiares quando eles estão depressivos. Sem ajuda, todos sofrem.

Esta noite, fui à universidade local para dar apoio alguns alunos, pois o professor daria a notícia de um colega que cometeu suicídio na noite anterior. Um dos comentários que ouvi: “Ele parecia feliz”, bem como: “A partir de agora, vou ser simpático com todo mundo”. O suicídio é a terceira causa de morte em adolescentes e a segunda em jovens estudantes de universidade. Todos os anos, aproximadamente 5,000 suicídios acontecem na população de jovens entre 15 e 24 anos de idade.

As razões podem ser várias. Infelizmente, muitos desconhecem que existem recursos locais e que é possível superar esta fase difícil com a ajuda certa.

Sinais preocupantes: ameaças de suicídio, obsessão pela morte, mudanças radicais de personalidade ou aparência, comportamentos irracionais ou bizarros, excessivo sentimento de culpa, vergonha, pessoa muito introspectiva, mudanças nos hábitos alimentares ou de dormir, mudança de comportamento na escola, distribuição de bens pessoais.

Como ajudar? Escute e ofereça carinho à pessoa que está deprimida, ela precisa de alguém com quem conversar. Confie nos seus instintos. Preste atenção e acredite na pessoa se ela falar em suicídio. Procure ajuda.

Seja depressão, ansiedade, esquizofrenia ou qualquer outra condição, por que não manter espírito aberto, curioso e buscar apoio e informação?
Considere: www.namigo.org e http://www.mhacf.org/