Cresce o número de passageiros em trânsito no Aeroporto Internacional de Orlando

O Aeroporto Internacional de Orlando teve um recorde de passageiros no último fim de semana

 

Segundo dados levantados pela “Greater Orlando Aviation Authority”, o Aeroporto Internacional de Orlando (MCO) atingiu a marca de três milhões de passageiros pelo segundo mês consecutivo, com mais de 3,2 milhões de passageiros. O fim de semana passado, 11 a 13 de junho, foi um recorde na MCO

 

Da Redação

Segundo Phil Brown, CEO da “Greater Orlando Aviation Authority”, em  abril, o Aeroporto Internacional de Orlando (MCO) atingiu a marca de três milhões de passageiros pelo segundo mês consecutivo, com mais de 3,2 milhões de passageiros. Isso representa um aumento de 2.000 por cento em relação a abril de 2020.

“A aviação está voltando aos céus e nosso tráfego está indo na direção certa”, disse Phil Brown. “Abril nos deu uma sensação de estabilidade muito necessária, indicando que nossa taxa atual de crescimento é sustentável.”

Contribuindo para o crescimento, o período de viagens do feriado da Páscoa, que viu alguns dos números mais fortes desde o início da pandemia. Mais de 207.000 passageiros foram selecionados para viagens na Páscoa de 2021, em comparação com 12.000 no ano passado.

E de acordo com dados estatísticos de abril, por exemplo, o tráfego doméstico subiu mais de 1.900 por cento com mais de 3.190.967 passageiros em abril.

Embora ainda esteja significativamente atrás dos níveis pré-pandêmicos, o tráfego internacional aumentou quase 2.900% em relação ao ano passado, com um total de 84.676 passageiros no mês.

No geral, o tráfego combinado aumentou quase 2.000 por cento com 3.275.643 passageiros no mês.  No acumulado do ano, o tráfego doméstico da MCO aumentou 1% em relação ao ano passado, enquanto o tráfego internacional caiu 80,5%.

A forte demanda doméstica nos últimos meses é, esperançosamente, um precursor da recuperação antecipada nos mercados internacionais. O número de passageiros internacionais deve começar a melhorar gradualmente com a retomada limitada dos voos transatlânticos da Lufthansa entre Orlando e Alemanha, juntamente com o novo serviço internacional da Viva Air para a Colômbia.

O fim de semana passado, 11 a 13 de junho, foi um recorde na MCO. Na sexta, sábado e domingo, o TSA rastreou mais passageiros no Orlando International do que antes da pandemia.