“Construemax” há dez anos restaura imóveis na Flórida

“Construemax” há dez anos restaura imóveis na Flórida

Dispondo de técnicos especializados, maquinário ultra moderno, carretas e caminhões a empresa é referência no mercado de recuperação de imóveis, com trabalho ininterrupto, socorrendo a demanda do dia a dia

Edson Terceiro, fundador da Construemax (no meio entre seus irmãos) Edson Quarto (à esquerda) e Edson Segundo (à direita) que com o tempo se tornaram sócios da companhia
Edson Terceiro, fundador da Construemax (no meio entre seus irmãos) Edson Quarto (à esquerda) e Edson Segundo (à direita) que com o tempo se tornaram sócios da companhia

A “Construemax Emergency Services”, que atua na recuperação de imóveis, no caso de incêndios e inundações – também cobrindo acidentes provocados por furacões -, é referência na Flórida Central, dispondo de técnicos especializados, maquinário ultra moderno, carretas e caminhões, que se deslocam para várias cidades. Um trabalho ininterrupto – atendimento 24 horas -, socorrendo a demanda do dia a dia. Edson de Almeida Brito, proprietário da “Construemax”, comemora os dez anos de atividades de sua empresa nos Estados Unidos, atribuindo o sucesso à equipe de funcionários que não mede esforços mediante aos constantes desafios. “Somos a única companhia de restauração da Flórida Central, comandada por brasileiros. Nós dominamos o mercado. O nosso atendimento emergencial, vinte e quatro horas, tem sido um diferencial no mercado, pois incêndio e inundação não têm hora para acontecer, exigindo empenho e precisão”, acrescenta o empresário.

Explica Edson que nos Estados Unidos o seguro residencial é obrigatório em virtude do material utilizado na construção de casas ser poroso e absorvente. “O verão é forte e as pessoas usam excessivamente o ar condicionado e a casa pega fogo. Isso também ocorre no inverno, com o uso do aquecedor. Tem ainda o caso de inundações, provocadas por rompimento no encanamento, causando mofo e desconforto. No caso de inundação, as casas devem ser tratadas rapidamente porque a seguradora pode negar a arcar com as despesas. A Construemax ameniza o problema e facilita o trabalho da seguradora. Temos máquinas especializadas em salvar materiais, que enxugam carpete e piso de madeira”, diz.
Em qualquer acidente em casa, alerta o empresário, é importante fazer uma reclamação (claim) junto a sua seguradora. Cano estourado e problemas com a descarga da privada são os casos mais comuns, que levam ao vazamento de água e inundação nas residências. As empresas credenciadas pelas seguradoras, a exemplo da Construemax, usam máquinas industriais de alta tecnologia e ar quente para extrair a água e secar as estruturas, capturando a umidade do ar e desumidificando o ambiente. “O que as pessoas não sabem é que esses casos, quando os reparos não são inspecionados e o trabalho de restauração é apenas cosmético, podem acarretar problemas mais sérios no futuro, como o mofo, a danificação das estruturas das paredes da casa, do chão de madeira, dos armários e dos móveis”, avisa Edson. Portanto, “é importante contratar empresas credenciadas e licenciadas pelas seguradoras”. Os seguros, explicou, devem ser usados para amenizar o prejuízo financeiro: primeiro, você paga apenas uma franquia; segundo, as seguradoras indicam empresas que garantem a inspeção com serviço de qualidade. “Muitas vezes, não chamar a seguradora causará muito mais problemas futuros ao proprietário, levando inclusive ao cancelamento do seguro”, complementa.

A iniciativa em atuar na recuperação e restauração de residências nos Estados Unidos, após acidentes, exigiu superar os desafios para atingir o patamar idealizado, lembra o empresário. “Quando eu cheguei nesse país, tinha apenas trezentos dólares no bolso. Eu não falava a língua, mas ostentava uma vontade muito grande de vencer os obstáculos. Eu comecei lavando pratos e banheiro porque a meta era aprender o inglês para depois dar o passo seguinte. Depois abrimos uma empresa de carpintaria e iniciamos o nosso trabalho. No Brasil eu trabalhei na construção civil com meu primo. O meu irmão fez edificação. Na empresa, a gente trabalhava duro na carpintaria, quando, em 2005, o furacão Katrina atingiu os Estados Unidos e foi devastador”, conta Edson. “Fomos procurados na ocasião por empresas americanas para auxiliar no trabalho de recuperação de casas danificadas pela catástrofe. A partir daí nos especializamos no ramo, adquirindo o certificado de emergência, e nos tornamos uma empresa sólida e em expansão’, fala com orgulho.

“Entramos para um mercado forte e hoje concorremos com empresas que está há 30 anos no ramo. São muitos os adversários, mas ninguém é mais poderoso que Deus”, determina. “Ser emigrante e vencer os obstáculos em um mercado fechado, não é fácil. Mas o nosso trabalho é extraordinário. Atendemos a demanda de restaurações em toda Flórida, incluindo Orlando, Tampa e o sul do estado”, diz. “Temos carretas, caminhão e uma equipe especializada que desloca para executar as tarefas. Mas temos uma logística para isso, seguindo os procedimentos do país”.

“Nos Estados Unidos”, segue o empresário, “todos têm seguro e, passada a tragédia, tudo é restaurado como precisão e garantia. O processo de restauração movimenta empresas gigantes como lojas de materiais de construção e lojas de móveis. Os assegurados são beneficiados, o que infelizmente não ocorre no Brasil, em caso de catástrofe, como aconteceu em Santa Catarina e no Rio de Janeiro. E até hoje as famílias que perderam suas casas e móveis não foram ressarcidas”, exemplifica.

Segundo o empresário, a grande maioria dos casos socorridos pela “Construemax”, são de incêndios e inundações. Ele lembrou que recentemente, quando um restaurante pegou fogo, “tivemos que entrar, limpar toda área e também limpar os móveis. Um trabalho minucioso”. Disse também que um prédio com vinte mil metros quadrados ficou inundado, devido ao rompimento de um cano. ‘O cliente antes de chamar a seguradora, pode contatar a empresa Construemax para orçar o serviço e ver se realmente vale a pena usar a seguradora, através de uma inspeção gratuita. Se a empresa constatar que acionar a seguradora é o melhor caminho, ela mesma se encarregará de todo o processo burocrático. Não devemos correr riscos, precisamos entregar nossa casa nas mãos de profissionais qualificados e licenciados pelas seguradoras”, alerta.

A empresa “Construemax Emergency Services”, conta com 20 pessoas contratadas – técnicos especializados em incêndio e inundação -, proporcionando mais 50 empregos indiretos. “Já trabalhamos com 300 pessoas, quando na passagem do furacão”, lembra. “Um técnico de nossa empresa passa a gerenciar grupos de até 30 pessoas”.

Responsabilidade da empresa

“Os profissionais que atuam na empresa são técnicos no processo de água e esgoto. Temos um técnico para determinado tipo de serviço. Por exemplo, dispomos de profissional especializado em mofo. E quando terminamos o trabalho, expedimos um certificado de bem estar ao ambiente, garantindo a qualidade de nossos serviços. Não podemos falhar, caso contrária, a multa é altíssima”, avisa o empresário. “Mas caso ocorra algum tipo de imprevisto, temos seguro para isso. É uma grande responsabilidade da empresa”.

Vinte quatro horas de plantão, Edson conta que a sua equipe está atenta, pois acidentes não têm hora para acontecer. “Independente do estrago, temos uma equipe pronta para suprir a demanda. Maquinários, carros e técnicos, todos estão apostos”. A empresa “Construemax “ tem escritório em Orlando e na cidade de Tampa.

Edson de Almeida Brito ressaltou a importância dos dez anos da empresa, em plena fase de confraternização. “Quero agradecer aos funcionários pelo empenho e dedicação, também estendendo agradecimento aos nossos clientes pela confiança em nosso trabalho ao longo dos anos. Sem dúvida os Estados Unidos é um país especial, que nos acolheu e nos abraçou. Sou muito grato a todos”, comenta.

Quanto ao seu tempo livre, Edson Almeida disse que gosta de ficar com a família e com os amigos. Frequenta bons restaurantes, mas está sempre atendo ao celular, pois alguém, a qualquer momento, poderá ligar solicitando ajuda. “Essa é a nossa missão e não medimos esforços para cumprir com o nosso dever de auxílio ao próximo. A Construemax estará presente onde for preciso”, conclui.