Comunidade se despede de Eliakim Araújo

Comunidade se despede de Eliakim Araújo

Leilaeeleikain

A morte do jornalista e âncora Eliakim Araújo, na madrugada do último dia 17 de julho – domingo -, aos 75 anos, deixou a comunidade brasileira na Flórida consternada. Comunicativo e extremamente solidário, era querido por todos que o conheceram. É importante ressaltar que Eliakim, ao lado da esposa, Leila Cordeiro, formaram no Brasil o primeiro casal de âncoras da televisão – o eterno Casal 20 -, apresentando telejornais na Globo, no SBT e na extinta TV Manchete. Nos Estados Unidos, a convite da CBS, apresentaram telejornal em português, em Fort Lauderdale.

Leila Cordeiro narrou os últimos dias ao lado de Eliakim Araújo após a descoberta de um câncer no pâncreas. A jornalista escreveu em seu Facebook, que há 45 dias abandonou suas postagens na rede social “para lutar na pior batalha de nossas vidas” e narrou a dor e sofrimento da família em seus últimos momentos de vida. Segundo a esposa, ele não quis divulgar a doença e acreditava que iria se recuperar e voltar a aparecer saudável como antes.