Com temperaturas de até -38°C, EUA registram atrasos em voos

Com temperaturas de até -38°C, EUA registram atrasos em voos

Pessoa enfrenta o frio ao atravessar uma rua na cidade de St. Louis, no Missouri (Foto: Jeff Roberson/AP)
Pessoa enfrenta o frio ao atravessar uma rua na cidade de St. Louis, no Missouri (Foto: Jeff Roberson/AP)

Os Estados Unidos enfrentaram temperaturas glaciais, que chegaram a até -38°C no estado de Wisconsin, e diversos aeroportos com voos atrasados neste domingo (5). O país se prepara para um início de semana ainda mais frio, quando vários recordes negativos poderão ser quebrados.

Em Nova York, as condições meteorológicas provocaram o fechamento durante algumas horas do aeroporto internacional John F. Kennedy no período da manhã, depois que um avião derrapou na pista. Uma aeronave da Delta Airlines vinda de Toronto derrapou ao taxiar, mas não houve feridos entre as 35 pessoas que estavam no aparelho.

No aeroporto O’Hare de Chicago – onde caíram de 20 a 25 cm de neve – os voos sofreram atrasos de mais de cinco horas. Também houve atrasos nos aeroportos de LaGuardia, Nova York, Newark, Nova Jersey, e o da Filadélfia, na Pensilvânia.

Alerta para exposição ao frio

Homem enfrenta frio e neve na cidade de  Lawrence, no Kansas, na manhã deste domingo (Foto: Mike Yoder/The Journal-World/AP)
Homem enfrenta frio e neve na cidade de
Lawrence, no Kansas, na manhã deste domingo
(Foto: Mike Yoder/The Journal-World/AP)

Além do norte dos Estados Unidos, o Canadá também deve enfrentar temperaturas que poderão ocasionar uma sensação térmica de -50°C.

Os serviços meteorológicos americanos alertaram a população para temperaturas potencialmente fatais em caso de exposição prolongada ao frio. “A exposição a temperaturas extremadamente frias pode ser causa de hipotermia ou de congelamento”, lesão que pode provocar necrose na pele, advertiram os serviços do governo.

“A pele pode congelar em apenas cinco minutos com sensações térmicas de -45°C”, assinalaram os serviços meteorológicos de Minneapolis e Saint Paul, no estado de Minnesota.

Segundo o Weather Channel indicou em seu site, os recordes de temperatura negativa poderão ser batidos até terça-feira no norte e nordeste dos Estados Unidos e também em partes do sudeste.

Na segunda-feira (6), fará mais frio em Atlanta, capital do Estado da Geórgia, que fica no sul do país, do que em Anchorage, a maior cidade do Alasca, segundo a CNN. Até segunda, a temperatura térmica poderá atingir os -54°C em Minnesota.

Obama
De volta de seu estado natal do Havaí, onde passou 16 dias de férias com a família, o presidente Barack Obama também sofreu o impacto do clima: o avião presidencial Air Force One pousou perto de Washington, e o presidente enfrentou 2°C e a chuva gelada que caía sobre a capital americana. No Havaí, fazia 27 °c no momento de sua partida.

O Rio Fox, na cidade de Green Bay, no Wisconsin, amanheceu congelado neste domingo (5) por causa das baixas temperaturas (Foto: Kiichiro Sato/AP)
O Rio Fox, na cidade de Green Bay, no Wisconsin, amanheceu congelado neste domingo (5) por causa das baixas temperaturas (Foto: Kiichiro Sato/AP)

Fonte: g1.globo.com