Cidadãos dos Estados Unidos que não sabem geografia querem guerra

Cidadãos dos Estados Unidos que não sabem geografia querem guerra

Pesquisa apontou relação bélica com conhecimentos sobre onde fica a Ucrânia

Foto: BBC
Foto: BBC

Os norte-americanos com conhecimentos escassos de geografia apoiam mais que os outros uma potencial intervenção militar de seu país na Ucrânia, segundo os resultados de uma pesquisa da companhia Survey Sampling International (SSI) publicada no jornal The Washington Post.

Segundo a publicação, aos entrevistados foi pedido que indicassem a Ucrânia em um mapa mundi. Apenas um em cada seis conseguiu cumprir a tarefa. Alguns disseram que o país do Leste Europeu estava perto de Portugal, do Cazaquistão, da Finlândia e até mesmo do Sudão.

Entre os norte-americanos mais jovens, com idade entre 18 e 24 anos, 27% deram a resposta correta. Na faixa dos maiores de 65 anos, a média baixou para 14%. O dado mais curioso do estudo, porém, indica que quanto mais confusos os entrevistados se mostraram para indicar a Ucrânia no mapa, mais simpáticos eram em relação à ideia de enviar tropas para a ex-república soviética. Da mesma forma, os que se saíram mal no teste de geografia também pareceram enxergar na Rússia mais ameaças aos interesses dos Estados Unidos do que os outros.

A pesquisa foi realizada entre os dias 28 e 31 de março, e abrangeu 2.066 cidadãos norte-americanos.

Fonte: diariodarussia.com.br