Carol Larson cria Instituto que viabiliza Comércio Solidário na Flórida para ajudar pessoas impactadas pela crise econômica

Carol Larson cria Instituto que viabiliza Comércio Solidário na Flórida para ajudar pessoas impactadas pela crise econômica

Um projeto de inclusão social em Orlando, na Flórida, promete beneficiar pessoas e empresários brasileiros que estão passando dificuldades diante da crise econômica causada pela COVID-19, por meio de um auxílio financeiro. O projeto HOPE, idealizado por Beatriz Vogel (Vice-Presidente do Instituto) e desenvolvido por Carol Larson (Empresária e Contadora Brasileira) e por Cassiano Lopes (Publicitário), é um instrumento de comércio solidário e nasceu em um momento especialmente delicado para proporcionar a aproximação da sociedade e o impulsionamento da economia na cidade de Orlando.

O HOPE é um projeto social do Larson Institute e atuará como uma forma de moeda financeira local, destinada às empresas parceiras e distribuída mutuamente para pessoas mais impactadas pela crise econômica. Essa forma de dinheiro/voucher de consumo será disponibilizada como um complemento extra de suporte temporário aos cidadãos que não conseguem gerar renda suficiente neste momento de pandemia. Com esta moeda, o projeto prevê um fundo financeiro de amparo social a ser formado por Empresas e Instituições do bem.

Os vouchers serão distribuídos para as seguintes finalidades: alimentos, consultas médicas e odontológicas, prestadores de serviços e pequenos comércios. Tudo isso com o foco de fomentar a economia local. No comércio solidário, por intermédio do HOPE, todos os doadores, beneficiários e parceiros saem vitoriosos.

Podem pedir o benefício, além dos trabalhadores, todos aqueles que tenham perdido renda em decorrência da pandemia, autônomos e microempreendedores. As inscrições serão realizadas através do website ou de instituições religiosas cadastradas, sendo voltadas para todos, independentemente de seu status imigratório ou situação legal nos Estados Unidos. Para aplicação do auxílio, é necessário ser maior de idade e ter baixa renda familiar, além de não estar recebendo seguro-desemprego ou ser beneficiário de outra ajuda do Governo. Os beneficiários que necessitem de amparo deverão entrar em contato e aguardar definições de valores a serem aprovados, após uma avaliação. Essa análise costuma variar de seis a quinze dias.

Os empresários que desejam fazer parte da corrente de solidariedade deverão entrar em contato com o projeto, no site www.larsoninstitute.com, para que juntos encontrem a melhor forma da empresa fazer parte do movimento de transformação. A participação poderá ser feita através de doações ao Fundo de Amparo em dinheiro, descontos exclusivos ou até mesmo por intermédio de benefícios diretos aos beneficiados. Após algumas etapas, será possível às empresas aplicar a Lei de Incentivos Sociais, para assim obter deduções de impostos.

De acordo com a Presidente do Larson Institute, Carol Larson, esse projeto simboliza a realização de um sonho, em que o conceito de criação do Instituto é ser uma incubadora de boas ideias que precisem de estrutura para se tornarem realidade e, assim, tudo isso aconteceu com o HOPE. “Eu e minha equipe passamos madrugadas afora para fazer tudo acontecer em semanas, e sem eles nada disso seria possível. Saber que o Instituto será o berço de ideias, como essa, me motiva ainda mais. Com o comércio solidário, é possível injetar dinheiro na economia local, através de pessoas necessitadas, que precisam dos serviços ou produtos de empresas que estão estagnadas e precisam de consumidores para reativar sua economia”, ressalta Carol Larson.

Segundo a Vice-Presidente do Instituto, Beatriz Vogel, a ideia do comércio solidário surgiu depois de uma reunião em que Carol expressou seu anseio de ajudar tanto os empresários quanto a sociedade de maneira geral. “Trabalhar com Carol é desafiador e motivante, ela instiga nossa criatividade e ousadia, proporcionando a viabilidade necessária para que as boas ações e importantes projetos sociais aconteçam. É uma alegria imensa fazer parte do Larson Institute e vivenciar uma ideia se transformando e ganhando tamanha proporção. Tudo isso só está sendo possível através do apoio incondicional da Carol, que não mede esforços, nem investimentos para dar vida ao Projeto Hope”, finaliza.

Para conhecer mais sobre o HOPE, acesse o site do Larson Institute: www.larsoninstitute.com