Carlos Eduardo Lino: ‘Flu tem que acordar para outro campeonato’

Carlos Eduardo Lino: ‘Flu tem que acordar para outro campeonato’

Após derrota tricolor para o Vasco, comentarista diz que Tricolor precisa se preocupar com a parte de baixo da tabela, em vez de pensar em G-4

Carlos Eduardo Lino
Carlos Eduardo Lino

O Fluminense chegou nesta quarta-feira à segunda derrota consecutiva no Campeonato Brasileiro e ao terceiro jogo sem vencer na competição. Mas um número chama ainda mais a atenção. Diante do Vasco, o Tricolor carioca fez o seu décimo clássico em 2013, sem vencer nenhum deles. Com a derrota por 1 a 0 em Florianópolis, a estatística diante dos rivais chega a sete derrotas e três empates. Apesar disso, para o comentarista do SporTV e PFC, Carlos Eduardo Lino, o que pesa mais neste momento é a volta do discurso contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Cruz-maltino segue na 17ª posição, a primeira dentro do Z-4, agora com 32 pontos. A equipe das Laranjeiras tem apenas dois pontos a mais.

– O que pesa mais é o retrospecto recente e o fato de o Fluminense ter que retomar o discurso de luta contra a zona de rebaixamento, cada vez mais ficar preocupado com a aproximação de quem vem do fundo, e um monte de gente está se mexendo lá no fundo. O Fluminense tem que realmente acordar para outro tipo de campeonato. O torcedor, antes dessa partida, fazia contas para saber como chegar lá em cima, mas o Vanderlei (Luxemburgo, técnico do Flu) nunca mudou o discurso, sempre falou que a preocupação era se manter afastado da zona de rebaixamento. Parece que vai falar disso de novo o Fluminense – destacou Lino.

O único gol do jogo saiu logo aos 11 minutos do primeiro tempo, com o zagueiro Cris para o Vasco. Para o segundo tempo, o técnico tricolor Vanderlei Luxemburgo fez três alterações que mudaram a forma da equipe jogar. Entraram Diguinho, Felipe e Samuel, que ocuparam as vagas de Biro Biro, Rhayner e Igor Julião. O comentarista do Canal Campeão aponta que a mudança não deu certo na prática.

– Aquele time veloz, que sai pelo lado do campo, que tem praticamente ponteiros agredindo, não existia mais. Saíram jogadores rápidos e leves. Não dá para dizer que o Vanderlei errou, a intenção dele era correta. Se você não tem espaço para a velocidade e tem bons tocadores de bola. O Fluminense ganhou em volume, mas não teve qualidade para definir. O Fluminense não conseguiu botar na rede, mas teve aquilo que o Vanderlei queria. Na teoria deu certo, mas na prática não. O Vasco conseguir se defender e vencer – concluiu Lino.

Com 34 pontos, o Fluminense ocupa o 12° lugar, mas pode cair mais duas posições se Flamengo e Goiás somarem apenas mais um ponto nesta quinta-feira, quando jogam no complemento da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca volta a jogar no sábado, dia 12, às 18h30, quando recebe o Grêmio no Maracanã. O PFC transmite ao vivo.