“Caravana do Amor” celebra dez anos de solidariedade

“Caravana do Amor” celebra dez anos de solidariedade

voltar

AGO/2016 – pág. 54

Cerca de 200 convidados estiveram reunidos no “I-Drive NASCAR Indoor Kart Racing”, em Orlando, em um acontecimento memorável

image4-1

O evento que reuniu cerca de 200 convidados no “I-Drive NASCAR Indoor Kart Racing”, em Orlando, no último dia 30 de Julho, marcou as comemorações dos dez anos de atividades da “Caravana do Amor (Caravan of Love)”, que reúne voluntários – entre músicos e demais adeptos -, sob a direção do músico Bruno Teixeira, além de Geraldo Coura, Sílvia Faria e Ibis Ishida Coura. Realizando visitas em hospitais, nurse homes e demais instituições que abrigam pessoas portadoras de necessidades especiais, os chamados Anjos da Alegria não medem esforços em uma missão de solidariedade ao próximo, tendo como objetivo primordial levar esperança aos pacientes. Um gesto de benevolência através do abraço de fraternidade, incrementado com boa música e danças. “Foi uma festa muito bonita e queremos agradecer aos empresários do ´I-Drive NASCAR Indoor Kart Racing´ que nos cederam o espaço para a nossa comemoração de dez anos de trabalhos voluntários”, enfatizou Sílvia Faria, coordenadora da Caravana do Amor. “Tivemos total assistência do pessoal do ´Drive Nascar´ e também contamos com as doações de alimentos de empresários de Orlando, incluindo o ´Pão Gostoso Bakery´, que nos forneceu os salgadinhos. As crianças puderam andar de kart e se divertiram muito. Também tivemos, entre outras atrações, a apresentação de um coral formado por crianças com síndrome de down”, acrescenta Sílvia.

image11

Explicou a coordenadora que a “Caravana do Amor” integra os projetos da “Fundação Seed of Live (Sementes da Vida)”, que abraçou a causa, em parceria que vem beneficiando os idosos e as crianças portadoras de necessidades especiais em Orlando. “A doutora Adriana Caldeira, que preside a ´Fundação Seed of Live´, abraçou a nossa causa e hoje temos intensificado a nossa missão nos asilos e hospitais. Realizamos cerca de oito visitas ao mês, em Orlando e Kissimmee, com voluntários que se dispõem levar o abraço amigo, o aperto de mãos às pessoas tão solitárias. E entre os nossos voluntários, com cem pessoas aproximadamente, que se revezam, temos músicos, crianças, idosos e famílias que participam das visitações com muita alma e generosidade, sem fins lucrativos. E os pacientes nos esperam ansiosos à cada semana porque recebem carinho e atenção. E é exatamente disso que eles precisam, de carinho e atenção. Idosos com Alzheimer, doença neuro-degenerativa; crianças portadoras da síndrome de down e autismo”, reforça Sílvia Faria. “São dez anos trabalhando com muita dedicação. Essa a nossa tarefa, proporcionando momentos de alegria e entretenimento”.

Projeto Música e Memória

Silvia Faria ressaltou sobre o “Projeto Música e Memória”, que vem sendo desenvolvido pela “Caravana do Amor”, junto aos idosos com Alzheimer, através de músicas que marcaram a vida dos respectivos pacientes. “Esse projeto é uma iniciava da ´Fundação Seed of Live´ que nós colocamos em prática. Antes de nossa visita em determinado Nurse Home, consultamos dados dos pacientes, sobre as músicas que eles ouviam do passado, antes da doença. E depois dessa pesquisa com as famílias dos pacientes, preparamos as músicas que eles mais gostam e as tocamos nas visitas”, conta. “Os médicos, inclusive, nos disseram que após as nossas visitas, houve uma grande melhora dos pacientes. Eles ficaram mais dóceis e felizes. A música traz de volta o paciente de Alzheimer, que, em alguns casos, fica o dia todo parado, olhando para o nada. Isso tem sido gratificante para o nosso trabalho”, ressalta.

image3

A coordenadora exaltou a “Banda Caravana do Amor”, presente nos eventos de visitação, formada por Bruno Teixeira, Geraldo Coura, Gil Lindner, André Santana, Edson Oliveira, Gustavo Marasca e a cantora, Débora Silvia. “Nós nos vestimos de palhaços, nas visitas às crianças, também usamos roupas coloridas, sobrepondo ao clima às vezes sombrio entre os pacientes. A nossa meta é afugentar a tristeza e fazer com que todos os pacientes participem conosco, cantando e dançando. Claro que têm alguns pacientes impossibilitados de locomoção e que recebem nossas visitas nos quartos”, acrescenta. Hoje, inclusive, informou Sílvia, a “Caravana do Amor” se expandiu nos Estados Unidos e está em plena atividade em Miami e Orlando (fundada por Bruno Teixeira com apoio dos centros espíritas, “Love & Charity” e “Peace & Knowledge”; em Nova York e Tampa. No Brasil onde o movimento se iniciou há 50 anos, as visitações continuam com força total, também em Frankfurt, na Alemanha.

Os interessados em trabalhar como voluntários na “Caravana do Amor” são bem-vindos, portanto, explicou o músico e organizador, Geraldo Coura, que a falta de voluntários para atender aos pedidos de visitações é o grande desafio. Os músicos e pessoas que queiram se integrar ao movimento social, mediante as inúmeras solicitações, poderão entrar em contato com os organizadores. Vale lembrar aos estudantes que o movimento “Caravana do Amor” atesta a participação nas ações voluntárias. Isso, no entanto, valerá como nota na questão trabalho social, exigido no currículo dos alunos pelas universidades dos Estados Unidos.

Serviço

Site – www.caravanoflove.org


WaltherAlvarenga

Walther Alvarenga